Emprego

Como procurar novo emprego sem ser despedido por isso

despedir

Uma das grandes preocupações de quem quer mudar de emprego é que o atual empregador descubra que quer mudar. Mas há mais: como conciliar o emprego atual com esta nova busca? O grande problema é que a maioria das entrevistas acontece justamente entre as 9h e as 17h – com intervalo para almoço das 13h às 14h –, quando seria suposto que este candidato estivesse também a trabalhar.

Acontece que atualmente o mercado começa a reger-se por novas regras – onde há cada vez mais flexibilidade – segundo um artigo da CNN Business.

Definir limites

Para não deixar que esta busca por um novo emprego tome conta da sua vida, defina uma hora especifica para se dedicar a esta tarefa.

“Crie intervalos de tempo para esta busca, tendo assim definido um horário de início e de fim, para que esta tarefa não lhe pareça interminável”, explica à mesma fonte Vicki Salemi, especialista em recrutamento. Neste período de tempo pode aproveitar para atualizar o currículo, candidatar-se a alguma vaga ou simplesmente para networking. Se ativar os alertas de sites de emprego, ou do LinkedIn, vai obter sempre propostas direcionadas para si a tempo de as analisar e poder candidatar-se. E assim poupa muito tempo diariamente na busca por uma nova oportunidade.

Como marcar as entrevistas?

Não é fácil (ou é até mesmo impossível) sair a meio de um dia de trabalho para ir a uma entrevista. As empresas procuram novos talentos, E se o seu currículo foi escolhido entre inúmeros candidatos, é porque estão dispostos a ouvi-lo, explica Ian Siegel, outro especialista em recrutamento. Pode, se calhar, conseguir marcar a entrevista para muito cedo, ou para o final da tarde, sem comprometer o seu atual emprego.

Mas se for inevitável ter que aceitar uma entrevista a meio do dia de trabalho, tente não falhar nenhum compromisso (uma reunião ou um prazo). E se precisar de uma desculpa, aconselha a coacher Joanne Meehl, diga algo muito simples. “Não precisa de dar uma razão. Experimente qualquer coisa como ‘tenho de cuidar de alguma coisa e por isso devo regressar ao trabalho um pouco mais tarde. Se acontecer alguma coisa urgente, mandem mensagem’.”

Se souber que haverá uma ronda de entrevistas, tente que sejam marcadas todas para o mesmo dia e peça uma folga.

Trabalhe melhor ainda

Mesmo que esteja em stress à procura de novo trabalho, não deixe que isso se reflita no seu emprego atual.

“Faça o seu trabalho melhor do que sempre”, aconselha Siegel. “No momento em que disser que vai mudar de emprego, vai querer que eles sintam uma grande perda.”

Se o seu historial no trabalho for irrepreensível, pode esperar por uma contraproposta. Muitas vezes a única forma que tem de saber qual o seu valor de mercado é quando entra em disputa. “O melhor cenário é se o seu empregador lhe perguntar ‘o que preciso de fazer para te manter aqui a trabalhar?’”, prossegue Siegel.

Jogue limpo

Mesmo que todos saibam que procura um novo emprego, a forma como se comporta em relação a isso é fundamental. “As pessoas tornam-se mais paranoicas do que deveriam”, diz Meehl. Se alguém lhe perguntar porque está sempre a correr para a sala de reuniões para atender uma chamada, responda de forma simples. “Fui atender uma chamada pessoal, nada mais.”

E mesmo que o seu chefe o questione por estar à procura de emprego, isso não é necessariamente mau. Pode até ser uma oportunidade para discutir um aumento salarial, para conseguir alguma progressão ou formação. “As pessoas ficam demasiado ansiosas a pensar que o chefe fique chateado ou que o vá punir de alguma forma”, explica Siegel. “Mas se eles se apercebem que não está satisfeito, pode ser uma oportunidade para conversar.”

As palavras certas

O processo de procura de novo emprego é stressante, mas nunca diga aos seus colegas que busca novos caminhos. Como não sabe em que é que vai dar este processo, procure escolher as palavras certas.

Imagine que acaba por ser promovido e não vai embora. Como irá depois olhar para os seus colegas?

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(João Silva/ Global Imagens)

Há quase mais 50 mil imóveis de luxo a pagar AIMI

(João Silva/ Global Imagens)

Há quase mais 50 mil imóveis de luxo a pagar AIMI

Angela Merkel e Donald Trump. Fotografia: REUTERS/Kevin Lamarque

FMI corta crescimento da Alemanha, mas Espanha ainda compensa

Outros conteúdos GMG
Como procurar novo emprego sem ser despedido por isso