Pergunte ao Advogado

Demiti-me. Tenho direito a indemnização?

Desemprego em mínimos de 2002

Com a ajuda de quem melhor sabe, o Dinheiro Vivo dá resposta a questões relacionadas com o trabalho e a vida pessoal.

Carmo Sousa Machado, sócia da Abreu Advogados, responde aqui às suas questões sobre o Direito a Desligar-se. Envie o seu caso ou dúvida para editorial@dinheirovivo.pt

Decidi que é tempo de mudar de vida e para pensar no que vou fazer em seguida optei por pedir a demissão da empresa onde trabalhava há sete anos. Mas os Recursos Humanos recusam-se a pagar-me pela saída.

Tenho direito a receber uma indemnização? E à carta para pedir subsídio de desemprego?

Pergunte ao Advogado 2

 

A denúncia de contrato de trabalho pelo trabalhador (vulgo “demissão”) não confere direito a qualquer indemnização nem tão pouco a beneficiar de subsídio de desemprego.

Só a resolução de contrato de trabalho com justa causa poderá conferir direito a indemnização. Por outro lado, só em caso de desemprego involuntário poderá haver direito a pedir e receber subsídio de desemprego.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

1400 empresas já pediram para aderir ao novo lay-off, apoios só a 28 de abril

Antonoaldo Neves, presidente executivo da TAP. Fotografia: Adelino Meireles/Global Imagens

TAP também vai avançar com pedido de layoff

Veículos da GNR durante uma operação stop de sensibilização para o cumprimento do dever geral de isolamento, na Autoestrada A1 nas portagens dos Carvalhos/Grijó no sentido Sul/Norte, Vila Nova de Gaia, 29 de março de 2020. MANUEL FERNANDO ARAÚJO/LUSA

Mais de 80 detidos e 1565 estabelecimentos fechados

Demiti-me. Tenho direito a indemnização?