aviação

easyJet quer contratar 450 pilotos já no próximo mês

Transportadora aérea arranca novo período de contratações no início de junho. E quer que 20% dos pilotos sejam mulheres até 2020

‘For the love of flying’. Este é o nome da nova campanha de recrutamento que a easyJet vai levar a cabo no início de junho. O anúncio foi feito esta terça-feira durante a apresentação de resultados financeiros.

A nova campanha de recrutamento será a maior de sempre para a companhia aérea com sede em Luton e destina-se a pilotos em início de carreira, co-pilotos com experiência e comandantes de outras companhias ou carreiras militares.

Ao todo existem 450 vagas de emprego, cerca de 300 para pilotos cadete. Haverá ainda um foco particular no recrutamento de mulheres piloto, anunciou a companhia aérea.

A easyJet emprega atualmente mais de 3000 pilotos, que comandam as 265 aeronaves da companhia aérea, distribuídas por 870 rotas e 31 países.

Desde outubro de 2015, que a empresa aérea estabeleceu como objetivo a duplicação do número de mulheres piloto, para 12%, em dois anos. A iniciativa levou 600 candidatas à companhia e o objetivo foi cumprido em apenas um ano. Agora, as mulheres voltam a ter destaque no novo período de contratações: garantir que 20% das novas admissões na easyJet até 2020 sejam mulheres.

“Na easyJet, orgulhamo-nos de ter uma equipa altamente talentosa e oferecemos aos nossos pilotos um percurso de carreira transparente, com oportunidade de desenvolvimento de First Officer a Comandante mais rápida que noutras companhias”, adianta Brian Tyrrel, responsável de operações de voo.

Os candidatos interessados em ingressar na companhia aérea devem dirigir-se a este website.

A easyJet conta com três parceiros de fomação, a CTC Aviation, CAE e FTE Jerez. Ao fim de 12 meses de formação, os pilotos podem juntar-se ao grupo de colaboradores permanentes como Second Officer por mais 12 meses.

Depois de outros dois anos como First Officer, os pilotos tornam-se Senior First Officer e, desse nível podem aspirar tornar-se Comandantes.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
(Rui Oliveira / Global Imagens)

Marcas aceleram nas promoções para tirar travão nas vendas

Fotografia: Gonçalo Delgado/Global Imagens

Resposta à pandemia traz riscos de má gestão e corrupção do dinheiro público

Restauração recuperou volume de negócios

CIP: 61% das empresas ainda não recebeu financiamento

easyJet quer contratar 450 pilotos já no próximo mês