estágios

Empresas acolhem estágios remunerados em tecnologias

Fotografia: DR
Fotografia: DR

As candidaturas ao programa Acertar o Rumo estão abertas e decorrem até 11 de setembro.

A sexta edição do programa de formação profissional Acertar o Rumo, da iTGROW, empresa comparticipada pelo BPI e pela CRITICAL Software, que aposta na formação e desenvolvimento de competências na área informática, em parceria com a Universidade de Coimbra, conta com o apoio de sete empresas. As candidaturas arrancam esta segunda-feira (www.acertarorumo.pt).

Com um valor mínimo de remuneração mensal de 750 euros brutos, a CRITICAL Software, a Accenture, a AIRC, o BPI, a EVERIS, o IPN e a Present Technologies vão garantir o estágio de 12 meses a todos os formandos que concluírem a fase letiva com sucesso.

O programa tem a duração de 22 meses. Os primeiros 10 meses são dedicados à formação, seguindo-se o período de estágio. “A garantia da realização de um estágio profissional remunerado com a duração de 12 meses é uma vertente fundamental e distintiva neste programa, que tem tido um enorme sucesso desde a primeira edição e que apresenta uma taxa de empregabilidade próxima de 100%”, afirma Catarina Fonseca, General Manager da iTGROW.

O curso terá um custo total de 2.850 euros, a serem pagos no ato de inscrição, e os formandos dispõem de várias soluções de financiamento à formação a que poderão recorrer (propina, subsistência mensal, portátil e livros). Sendo uma ação desenvolvida em parceria com o IEFP, a sua frequência é reconhecidamente profissionalizante e dispensa as obrigações de procura ativa de emprego, não condicionando a manutenção dos benefícios atuais por parte da segurança social, nem os futuros no âmbito do IEFP, como sejam a integração em programas e medidas de estágio e emprego.

A fase letiva do programa arranca no dia 24 de setembro de 2018, direcionada para o desenvolvimento em JAVA, e a fase de consolidação (estágio remunerado) deverá ter início em julho de 2019.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

António Mexia, CEO da EDP. Fotografia: REUTERS/Pedro Nunes

Saída de clientes da EDP já supera as entradas

Outros conteúdos GMG
Empresas acolhem estágios remunerados em tecnologias