Ferreira de Oliveira

“Perdemos um excelente gestor e um homem de bem”, diz Carlos Tavares

Carlos Tavares, presidente do Banco Montepio.

( Gustavo Bom / Global Imagens )
Carlos Tavares, presidente do Banco Montepio. ( Gustavo Bom / Global Imagens )

Ferreira de Oliveira, antigo professor catedrático e ex-presidente da Galp e da Unicer, faleceu este sábado, com 70 anos.

O ex-ministro da Economia e atual presidente do Banco Montepio, Carlos Tavares, considerou este sábado que, com o falecimento de Manuel Ferreira de Oliveira, “perdemos um excelente gestor mas, acima de tudo, um homem de bem”.

O antigo professor catedrático da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e ex-presidente da Galp e da Unicer faleceu este sábado, com 70 anos.

“O engenheiro Ferreira de Oliveira foi um grande e digno profissional, que prestou relevantes serviços ao país num setor e numa época muito difíceis”, afirmou Carlos Tavares ao Dinheiro Vivo.

“Quando fui ministro da Economia pude beneficiar dos seus conhecimentos e conselhos, que vieram revelar-se muito valiosos”, adiantou.

Carlos Tavares sublinhou ainda que Ferreira de Oliveira “teve sempre um espírito independente e rigoroso”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
lagarde centeno coronavirus

BCE. Portugal está amarrado aos bancos outra vez e isso é mau

Fotografia: Mário Cruz/EPA

Presidente da República acompanha preocupação sobre retoma de rotas da TAP

avião da TAP

PS desafia TAP a corrigir plano de rotas áreas que “lesa interesse nacional”

“Perdemos um excelente gestor e um homem de bem”, diz Carlos Tavares