fazedores

Festival da Landing.Jobs dá mais ferramentas para encontrar emprego tech

Imagem do Landing Festival, evento organizado pela Landing.Jobs.
Imagem do Landing Festival, evento organizado pela Landing.Jobs.

Versão portuguesa decorre dias 28 e 29 de junho no Centro de Congressos de Lisboa com nova experiência para participantes e mais de 40 empresas.

Aprender com os melhores, impulsionar a carreira e construir a própria rede de contactos. Estes são os três motes para a quinta edição do Landing Festival, a conferência anual da startup de recrutamento portuguesa Landing.Jobs. A edição de 2019 vai decorrer nos dias 28 e 29 de junho no Centro de Congressos de Lisboa – uma das novidades face às edições anteriores, que decorreram na zona do Parque das Nações.

A aposta nos conteúdos para encontrar empregos nas tecnológicas é outra das novidades desta edição do Landing Festival. Na nova experiência do evento, será possível aprender conteúdos mais tecnológicos – como inteligência artificial, DevOps, produto e desenvolvimento Web – e conteúdos mais ligados ao desenvolvimento pessoal – como princípios de liderança e gestão de projetos, comunicação e novas formas de trabalho.

Os 1500 participantes esperados na conferência também poderão encontrar mais de 40 empresas a apresentar projetos – e, quem sabe, a contratar – como Oracle, Volkswagen, TripAdvisor, Pipedrive, EDP, Hostelworld e Sky.

“Hoje, mais do que nunca, os profissionais não podem desvalorizar a necessidade de aprendizagem contínua. Quer o objetivo seja crescer dentro de uma empresa ou criar o seu próprio negócio, o Landing Festival Lisboa é um verdadeiro mundo de oportunidades e pode ser o ‘evento-chave’: além de poderem conhecer os evangelistas dos temas a debate, os visitantes poderão interagir com profissionais de tecnologia que partilham a mesma visão”, realça José Paiva, CEO e cofundador da Landing.jobs, citado em nota de imprensa.

Nomes sonantes

Na edição do festival da Landing.Jobs em Lisboa, será possível encontrar nomes de referência na área da tecnologia.

No primeiro dia de evento, 28 de junho, destaque para a palestra de Anand Mariappan, ex- Principal Engineering Manager na Microsoft e atual Senior Director Of Engineering do departamento de Inteligência Artificial (IA) do 5º site mais visitado dos EUA, o Reddit. No evento, irá partilhar a forma como a equipa de programadores que lidera passou de 8 para mais de 80 elementos e os desafios por detrás desse crescimento.

Também no primeiro dia de evento, a “fervilhante” temática das fake news será abordada por Or Levi, Senior Data Scientist no eBay e fundador e CEO da AdVerif.ai – uma equipa de investigadores que desenvolve soluções de IA para verificação de anúncios. Com a apresentação de alguns dos exemplos mais recentes, esta é a pergunta que conduzirá a palestra “Como é que a Inteligência Artificial pode criar – e detetar – fake news?”

Leia mais: TNW. Quebrar barreira da língua vale dois prémios a Portugal

Os focos estarão ainda apontados para Chris Heilmann, Senior Program Manager na Microsoft, que se tem dedicado a temas como machine learning e Inteligência Artificial. No Landing Festival Lisboa, irá explicar como o desenvolvimento web mudou e como este é um bom momento para não “perder a cabeça” por ficar para trás.

No campo dos workshops, destaque para os de Agile Fundamentals, promovidos pela Scopphu, empresa portuguesa líder em gestão de pessoas e projetos. Aqui, serão abordados tópicos como o impacto do novo século na indústria das Tecnologias de Informação e o futuro da cultura Agile. Realce ainda para o workshop onde será possível saber mais sobre os Serviços Cognitivos do Azure.

Os bilhetes para o evento custam entre 10 euros e 150 euros. Também há bilhetes gratuitos para estudantes; o acesso à festa no barco – um dos momentos mais memoráveis deste festival – tem um custo de 25 euros. Os ingressos podem ser comprados através desta página.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

LUÍS FORRA/LUSA

Dia 7. Termina greve dos motoristas

Francisco São Bento, presidente do SNMMP. Foto: Sara Matos/Global Imagens

Cinco momentos chave numa greve de sete dias

Outros conteúdos GMG
Festival da Landing.Jobs dá mais ferramentas para encontrar emprego tech