Fundação da Juventude lança estágios com subsídio

ng3118754

A Fundação da Juventude lançou hoje a 22ª edição do PEJENE – Programa de Estágios de Jovens Estudantes do Ensino Superior nas Empresas – destinado a jovens que frequentem o último e penúltimo ano do ensino superior, em todas as áreas académicas.

O PEJENE, copromovido pelo IEFP, o Instituto Português do Desporto e Juventude, o IAPMEI e a Companhia de Seguros Tranquilidade, tem duas fases de candidatura. A primeira, para empresas e entidades de acolhimento interessadas em receber estagiários, decorre até 28 de abril. Para os jovens, as candidaturas são feitas diretamente no site do PEJENE.

Siga a página do Dinheiro Vivo no Facebook e a nossa página de Emprego e receba diariamente ofertas de emprego

Quando acabar o prazo das candidaturas das empresas e entidades de acolhimento, a Fundação da Juventude divulga online a lista de vagas para estágios, iniciando-se assim as candidaturas para os estudantes.

Leia também: Tecnológica portuguesa procura 40 colaboradores para 2014

Os estágios da 22ª edição do PEJENE realizam-se entre julho e setembro. Os estagiários têm direito a subsídios de alimentação e de transporte, assim como um Seguro de Acidentes Pessoais. Cada estudante pode candidatar-se até 4 vagas de estágio, de acordo
com as suas preferências. No entanto, a pré-seleção fica condicionada
aos requisitos exigidos pela empresa/entidade de acolhimento.

O PEJENE enquadra-se num dos vetores estratégicos de atuação da Fundação da Juventude – Emprego e Empreendedorismo – procurando contribuir para ultrapassar o obstáculo da falta de experiência e de currículo dos jovens, bem como da pouca preparação para o mundo do trabalho. O programa tem vindo a responder, desde 1993, às necessidades dos jovens que se encontram a finalizar o ensino superior, permitindo desempenhar tarefas de caráter profissional, e aumentar os seus conhecimentos em ambiente real de trabalho.

Na última edição do programa PEJENE, a taxa de empregabilidade foi de 15%, a qual se traduz em contratos de full-time ou part-time, estágio profissional e/ou prestação de serviços após a realização do estágio inicial.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa, intervém durante a cerimónia de assinatura de declaração de compromisso de parceria para Reforço Excecional dos Serviços Sociais e de Saúde e lançamento do programa PARES 3.0, no Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, em Lisboa, 19 de agosto de 2020. ANDRÉ KOSTERS/LUSA

“Na próxima semana podemos chegar aos 1000 casos por dia”, avisa Costa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. FILIPE FARINHA/LUSA

Marcelo promulga descida do IVA da luz consoante consumos

Fotografia: Fábio Poço/Global Imagens

Apoio a rendas rejeitado devido a “falha” eletrónica

Fundação da Juventude lança estágios com subsídio