Recursos Humanos

As férias estão longe? PHC traz a praia para o trabalho

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Pelo terceiro ano consecutivo, a empresa transformou o escritório numa praia improvisada para motivar os trabalhadores.

Já estamos em agosto, o termómetro marca 30 graus e, sejamos honestos, o escritório é o último sítio onde apetece estar. O sentimento é comprovado por estudos que mostram como a produtividade cai a pique no mês que antecede as tão desejadas semanas de férias, de preferência na praia.

A pensar nisso, a tecnológica portuguesa de software de gestão PHC voltou a repetir em 2017, e pelo terceiro ano consecutivo, a iniciativa Verão na PHC que durante um dia, nos meses de junho, julho e agosto transforma os vários escritórios da empresa, em Lisboa, Porto e Madrid, numa… praia.

Ainda que sem areia e sem mar, tudo o resto marcou presença nesta praia improvisada em ambiente empresarial, desde os chapéus-de-sol às toalhas, geleiras, baldes e pás, bolas e raquetes, pranchas de surf e até espreguiçadeiras. Sem esquecer, claro, as tradicionais bolas-de-berlim, com e sem creme.

Neste dia também o dress code na empresa é diferente e os biquínis, calções de banho, T-shirts de alças e chinelos de enfiar no dedo estão 100% autorizados. “Não há nada melhor do que vir trabalhar de Havaianas”, garante Filipa Garcia, de 24 anos, que para entrar melhor no espírito vestiu também o biquíni por baixo do vestido mais informal que reserva apenas para os fins de semana. “Do CEO aos juniores, neste dia todos vestimos roupa de praia.” No final do dia, os trabalhadores da PHC reúnem-se ainda para um sunset e uma happy hour em que a primeira rodada é patrocinada pela empresa.

O objetivo é claro e explicado por Luís Antunes, que no Verão da PHC trocou a formalidade do cargo de diretor de Recursos Humanos por calções e chinelos. “Queremos trazer momentos de felicidade e descontração para a empresa. Um dos nossos objetivos é ter uma empresa feliz e parece que temos conseguido, porque ficámos em segundo lugar na lista das empresas mais felizes em Portugal, entre mais de 150 empresa que participaram no estudo publicado pela Exame”, diz o responsável.

Tudo isto no âmbito do projeto interno Fun at Spreed, implementado pela unidade de recursos humanos há cinco anos e que inclui workshops de culinária, de vinhos ou fotografia para redes sociais, semana da saúde, eventos para filhos dos colaboradores com espetáculos de magia e experiências científicas da Science4You.

“A PHC tem muitos millennials, que gostam de sentir que estão numa empresa que se preocupa com eles e tem esta atitude para a felicidade”, diz ainda Luís Antunes. “Trabalhar não tem de ser aborrecido ou triste. Nesta época, em que as pessoas estão ansiosas para ir para a praia ou já com saudades das férias, quisemos trazer a praia para aqui. Só faltou mesmo um montinho de areia.” E, garante o diretor de Recursos Humanos, não é um dia menos produtivo para a empresa.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Sarah Costa/Global Imagens

Tomás Correia, Montepio e BNI Europa. O que está por detrás das buscas

A coordenadora da Frente Comum, Ana Avoila
(TIAGO PETINGA/LUSA)

Frente Comum diz que é “inaceitável” negociar salários depois do orçamento

O secretário-geral da CGTP-IN, Arménio Carlos. MÁRIO CRUZ/LUSA

CGTP apela ao PM para negociar salários no Estado antes do Orçamento

As férias estão longe? PHC traz a praia para o trabalho