empreendedorismo

Intolerância à lactose leva jovem a criar negócio de milhões

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

A No Cow é o 8º negócio de Daniel Katz que tem apenas 21 anos. No ano passado faturou 8 milhões de euros.

Daniel Katz é um jovem com 21 anos e desde os 12 que tem olho para o negócio. Natural de Michigan, nos Estados Unidos, é dono da No Cow, que totalizou em vendas brutas no ano passado 10 milhões de dólares (8 milhões de euros).

A No Cow, que é um negócio dedicado a produtos como barras, bolachas e suplementos com elevado teor de proteína, baixa quantidade de açúcar, vegan e sem glúten, está disponível em mais de 14 mil lojas nos Estados Unidos.

Este era um negócio pequeno até fevereiro do ano passado, altura em que esta que é a oitava empresa de Daniel, recebeu um investimento da General Mills, uma das 10 maiores empresas na área alimentar do mundo, e de uma outra empresa de Chicago, a 2X Partners, conforme noticia a Inc.

De pequenino se torce o … negócio

Começou em criança a vender telemóveis no Craigslist (site de anúncios online) e, ainda sem idade legal para conduzir, já se dedicava à compra e venda de carros. Trocou os automóveis pelas casas, aos 16 anos, e ainda passou pela área dos répteis e das bebidas energéticas.

O No Cow surgiu, primeiro, por necessidade própria e como consequência da vida frenética que levava. Com uma vida pautada por negócios e correrias, Daniel não tinha tempo para fazer refeições completas e socorria-se de barras de proteína whey, feitas de soro de leite. Começou a não se sentir fisicamente bem e descobriu que fazia parte do grupo dos 60% da população que são intolerantes à lactose.

Leia também: Queijos e iogurtes de superalimentos e sabores exóticos

Rapidamente largou o negócio das bebidas energéticas e se dedicou a aprimorar a ideia de umas barras de proteína sem lactose. Com jornadas de 18 horas de trabalho diárias, a dormir no chão do escritório do pai, a epifania acabou por acontecer ao fim de ano e meio.

Em 2015, com 18 anos, conseguiu uma reunião com a General Nutrition Centers (laboratório de multivitamínicos e suplementos alimentares) na qual lhe disseram que as barras que criara sabiam mal, mas a ideia era boa e devia-se focar nela.

Passo a passo conseguiu uma encomenda da Vitamin Shoppe (uma retalhista de suplementos) enquanto trabalhava com o fabricante na questão do sabor. Após o sucesso da operação, os produtos foram colocados inicialmente em 7 mil lojas.

Atualmente, Daniel Katz emprega outras 12 pessoas, tem os produtos da No Cow em mais de 14 mil lojas físicas, além da loja online da marca, e faturou, 8 milhões de euros em 2017. Veja na fotogaleria alguns dos produtos criados pelo jovem milionário.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Estado ‘devolve’ em deduções 60% do Adicional ao IMI que cobra

Amoreira Óbidos

Espanha desapareceu do mapa e França descobriu o velho oeste português

António Mexia  (EDP) durante a cerimonia de assinatura de financiamento por parte do Banco Europeu de Investimento (BEI) da Windfloat Atlantic. Um projecto de aproveitamento do movimento eólico no mar ao largo de Viana do Castelo.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

EDP quer exportar tecnologia do maior parque eólico flutuante do mundo

Outros conteúdos GMG
Intolerância à lactose leva jovem a criar negócio de milhões