Eurostat

O fosso salarial entre homens e mulheres, país a país

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Portugal integra o pódio onde a desigualdade salarial é mais notória nos países da União Europeia, segundo os dados revelados pelo Eurostat.

Celebra-se esta quinta-feira o Dia Internacional da Mulher e a efeméride torna-se pertinente para realçar alguns fatores sobre o sexo feminino, sobretudo na sua relação com o mercado de trabalho mundial.

Depois de termos dado conta que as perspetivas da Organização Mundial do Trabalho (ILO, na sigla inglesa) para 2018 não são as mais animadoras, o Eurostat também divulgou dados que confirmam a persistência de flagelos como o da desigualdade salarial entre mulheres e homens.

Leia também Mais de metade das mulheres portuguesas sonha ter um negócio


O departamento estatístico da Comissão Europeia revelou o ranking dos países onde a disparidade remuneratória entre géneros é mais notável, lista essa onde Portugal se destaca pelas piores razões, sendo o sexto – de uma lista de 31 – com maiores desigualdades.

Confira o ranking na galeria que apresentamos acima.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
REUTERS/Rafael Marchante

Centeno diz que Estado poupa 100 milhões com pagamento antecipado ao FMI

Theresa May, primeira-ministra britânica, fala no parlamento britânico. 10 de dezembro de 2018. REUTERS

Brexit: May admite que risco de sair sem acordo está a aumentar

REUTERS/Eloy Alonso

CTG substitui membros do Conselho de Supervisão na EDP

Outros conteúdos GMG
O fosso salarial entre homens e mulheres, país a país