empreendedorismo

Portugal no top 10 dos melhores países para mulheres empreendedoras

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Portugal é um dos países com as melhores oportunidades e apoios ao empreendedorismo feminino. Nova Zelândia lidera este ranking.

O mercado português está entre os melhores do mundo para as mulheres empreendedoras. Os apoios prestados às portuguesas nos seus negócios, bem como as oportunidades de sucesso no mercado, fazem de Portugal o sexto melhor país para o empreendedorismo feminino. Portugal é também décimo lugar no ranking dos países com o maior número de mulheres à frente de negócios (28,7%).

No Dia Internacional da Mulher, as reflexões sobre as desigualdades salariais e o debate em torno do assédio sexual no trabalho estão na ordem do dia, e por isso, a Mastercard desenvolveu este estudo para analisar as oportunidades e os obstáculos colocados às mulheres empreendedoras. A segunda edição do Mastercard Index de Empreendedorismo Feminino acompanhou os resultados e progressos das mulheres empresárias de 57 países, que representam cerca de 79% da força de trabalho feminina.

A Nova Zelândia é o país que oferece as melhores possibilidades para as mulheres prosperarem enquanto empreendedoras de um negócio, conclui este estudo do Mastercard Index. Nos 57 mercados, foram avaliados três domínios: a progressão das mulheres ao nível empresarial, recursos financeiros e de aprendizagem, e as condições de apoio ao nível governamental.

De acordo com o ranking as melhores condições de apoio e oportunidades ao empreendedorismo feminino, globalmente encontram-se nas economias mais desenvolvidas, mas no Gana 46.4% das empresas têm mulheres como proprietárias. O que parece contraditório tem uma explicação, as mulheres que vivem em mercados emergentes são impulsionadas pela necessidade e estimuladas pela necessidade de sobrevivência, apesar da falta de capital financeiro e do acesso à educação em geral.

Apesar de algumas boas notícias, verificou-se que a progressão das mulheres empresárias foi limitado, por um ou mais obstáculos, em quase todas as economias cobertas pelo estudo. Destaca-se o preconceito de género como o principal obstáculo ao empreendedorismo feminino, que em última instância, pode incapacitar o financiamento e levar à baixa aceitação social e cultural.

Descubra quais são os 10 mercados com as melhores oportunidades para as mulheres empreendedoras. Veja a fotogaleria.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Miradouro do Alvito. Marca única de autocarros abrange toda a Área Metropolitana de Lisboa.
( Jorge Amaral / Global Imagens )

Medina quer marca única para os autocarros da Área Metropolitana de Lisboa

O furo da Herdade da Comporta será decidido dentro de dias.  Fotografia: D.R.

Comporta. Só o consórcio Amorim/Berda apresentou proposta

Ponte 25 de Abril

Ponte 25 de Abril: Consórcio da Somague vence obra de 12,6 milhões

Outros conteúdos GMG
Portugal no top 10 dos melhores países para mulheres empreendedoras