ensino

Google, Bertelsmann e Udacity anunciam bolsas para iniciantes e programadores

Fotografia: Reuters/ Mark Blinch
Fotografia: Reuters/ Mark Blinch

Há 75 mil bolsas de estudo para entregar a iniciantes e programadores na União Europeia,

Uma parceria entre a Google, a Bertelsmann e a plataforma de e-learning Udacity vai oferecer 75.000 bolsas de estudo para iniciantes e programadores na União Europeia, foi hoje anunciado.

Em comunicado, a Google refere que “o objetivo da iniciativa é ajudar europeus a obterem as competências necessárias para conseguirem um emprego ou uma progressão nas suas carreiras profissionais”, num contexto em que “o crescente défice de competências digitais levou a União Europeia a prever que meio milhão de empregos na área das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) irão ficar por preencher até 2020”.

Segunda adianta, abrem hoje as candidaturas para 60.000 bolsas de estudo da Google para iniciantes e programadores, que vão incluir cursos de desenvolvimento Android e Web. A estas juntam-se, ainda este ano, 15.000 bolsas de estudo oferecidas pela Bertelsmann para estudantes de nível básico e avançado na área da ciência de dados.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Desemprego de longa duração disparou

Subsídio extra vai chegar a 13 mil desempregados de longa duração

O Fórum Económico Mundial reúne em Davos, uma pequena comuna suíça, líderes mundiais na área dos negócios, economia e política (EPA/GIAN EHRENZELLER)

Lotação esgotada em Davos para conhecer Portugal

Christine Lagarde. Fotografia: REUTERS/Denis Balibouse

FMI. Christine Lagarde elogia cluster Autoeuropa no fórum de Davos

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Google, Bertelsmann e Udacity anunciam bolsas para iniciantes e programadores