Emprego

Infraestruturas de Portugal vai contratar 90 trabalhadores até final do ano

estradas-ae-e1493208262856-b9a8b19339e557fea1db26300dafc633a9697a7f

Recrutamento surge depois da aprovação do plano de atividades e orçamento, esta semana, que autoriza o recrutamento, nos termos previstos na lei.

A Infraestruturas de Portugal anunciou hoje que recebeu autorização do Governo para recrutar cerca de 90 trabalhadores até ao final do ano, dos quais mais de metade são operacionais e 25 técnicos superiores.

“A Infraestruturas de Portugal vai proceder ao recrutamento de cerca de 90 novos trabalhadores até ao final do presente ano, dando continuidade ao processo de reforço e rejuvenescimento há muito desejado e para o qual temos vindo a trabalhar empenhadamente”, indica em comunicado a empresa pública.

Segundo a mesma fonte, o recrutamento surge na sequência da aprovação do plano de atividades e orçamento, esta semana, “que autoriza o recrutamento, nos termos previstos na lei, de 25 técnicos superiores e a substituição dos trabalhadores cujo vínculo cesse durante o ano de 2019, com exceção das situações de rescisão por mútuo acordo”.

“Dos 90 trabalhadores a contratar, mais de metade serão para categorias operacionais afetas à circulação ferroviária e manutenção”, adianta a Infraestruturas de Portugal.

A empresa pública acrescenta que os técnicos superiores serão distribuídos por diversas áreas, “com enfoque nas funções de engenharia e de suporte técnico ao negócio e aos grandes investimentos em curso”.

A Infraestruturas de Portugal, responsável pela gestão das infraestruturas rodoviárias e ferroviárias, tem como único acionista o Estado português e está sujeita à tutela dos ministérios do Planeamento e das Infraestruturas e das Finanças.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Ilustração: Vítor Higgs

Azeites e vinhos portugueses escapam a castigo de Trump

Ilustração: Vítor Higgs

Azeites e vinhos portugueses escapam a castigo de Trump

(REUTERS/Kevin Coombs)

Acordo para o brexit com pouco impacto para Portugal

Outros conteúdos GMG
Infraestruturas de Portugal vai contratar 90 trabalhadores até final do ano