Desporto

Jorge Jesus dá palestra sobre “liderança” a empresários e gestores portugueses

Jorge Jesus quando ainda era treinador do Sporting. Filipe Amorim/ Global Imagens
Jorge Jesus quando ainda era treinador do Sporting. Filipe Amorim/ Global Imagens

Jesus partilha o que sabe sobre "multiculturalidade" com empresários portugueses, depois fará as malas para ir de Lisboa até Riade, a sua nova casa.

Jorge Jesus, que até à última quinta-feira foi treinador do Sporting Clube de Portugal, vai dar uma palestra sobre “liderança na multiculturalidade” num almoço-debate com empresários e gestores, na próxima sexta-feira, 8 de junho, em Lisboa.

O técnico português rescindiu com o Sporting depois de uma época muito conturbada, mas já arranjou um novo emprego em Riade, na Arábia Saudita, naquele que será o seu primeiro trabalho como treinador fora de Portugal.

O evento de Lisboa é organizado pelo International Club of Portugal (ICPT), um grémio empresarial que tem programação regular com este tipo iniciativas. A inscrição na palestra com Jesus custa 35 euros a cada sócio do ICPT e 50 euros para não-sócios, refeição incluída.

De acordo com o clube de gestores, “Jorge Jesus, treinador de futebol, será o orador convidado” e a sua intervenção será subordinada ao tema “A liderança na multiculturalidade”.

Jorge Jesus já tinha sido anunciado como orador principal no ICPT a 20 de março último, mas na altura cancelou a ida ao almoço, argumentando “imprevistos de agenda”. O evento estava esgotado.

Os almoços-debate do “club” já contaram a participação de individualidades como o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, o líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão, o ministro-adjunto do primeiro-ministro, Pedro Siza Vieira, o atual presidente do PSD, Rui Rio, só para citar alguns nomes recentes.

Esta aparição pública do técnico de futebol coincide, como referido, com a sua transferência para o atual campeão de futebol saudita, o Al-Hilal. Jesus começa a trabalhar a 1 de julho, já que os jogadores estão de férias até 29 deste mês.

O nome do português está a ser muito bem recebido na Arábia Saudita.

De acordo com o canal de desporto do Sapo.pt, “o presidente do clube, Sami Al-Jaber, agradeceu a ajuda de Turki Al Alshikh, Xeique, conselheiro real e Presidente da Autoridade Geral para o Desporto, da Federação Árabe de Futebol e do Comité Olímpico” nesta contratação.

“Em meu nome e em nome de todos os fãs do Al-Hilal, agradeço a Sua Excelência o Xeique Turki Al Alshikh, se não fosse Deus isto não teria acontecido ao Al-Hilal”, disse o presidente do clube saudita sobre a contratação de Jesus.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O antigo secretário de Estado da Energia e da Inovação, Henrique Gomes, fala perante a Comissão Parlamentar de Inquérito ao Pagamento de Rendas Excessivas aos Produtores de Eletricidade, na Assembleia da República em Lisboa, 23 de janeiro de 2019. TIAGO PETINGA/LUSA

Henrique Gomes disse que “Mexia é osso duro de roer” e teve de sair da REN

A área alimentar gerou vendas históricas de quatro mil milhões de euros. Fotografia: D.R.

Sonae atinge vendas recorde de 6,3 mil milhões com impulso do Natal

António Costa, primeiro-ministro, e Mário Centeno, ministro das Finanças, num debate parlamentar sobre o OE2019. Fotografia: REUTERS/Rafael Marchante

Universidade Católica prevê menos crescimento em 2018 e 2019

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Jorge Jesus dá palestra sobre “liderança” a empresários e gestores portugueses