Livro

Livro. Causas e consequências da eleição de Trump

Pacto Donald

Um livro sobre “uma série de coisas simples, de explicação complicada”, avança Nuno Rogeiro no arranque de O Pacto Donald

O analista político recorre a “fontes originais” para o ajudar a perceber as várias dimensões da nova realidade política do outro lado do Atlântico.

O que é que mudou na sociedade americana para que Trump chegasse ao poder? Tem Trump ideologia ou é uma “tábua rasa”? Vamos ter quatro anos de Trumpismo, ou o impeachment pode surgir a qualquer instante? Que “novas pazes e novas inimizades” se criam dentro dos partidos políticos? Qual o impacto ao nível da política externa (aquilo interessa a Portugal e ao resto do mundo)?
O livro está organizado em quatro partes. Na primeira, Nuno Rogeiro reflete sobre a surpresa da eleição do multimilionário. Estavam as sondagens erradas?

Segue-se uma análise ao estilo do novo inquilino da Casa Branca. “Estilo negocial ou negociante?”, interroga-se o autor, até chegar ao que considera o “cerne” da questão: o “pacto Donald”, ou seja, o “contrato com o eleitor”, como lhe chamou Trump, que inclui dez propostas de lei a apresentar ao Congresso.

As medidas do plano económico do novo presidente norte-americano, apresentado em agosto de 2016, são sistematizadas. Trump, conclui Nuno Rogeiro, “nem será tipicamente liberal, nem tipicamente intervencionista, nem tipicamente capitalista, nem tipicamente social-democrata, nem usará as palavras clássicas para justificar a suas escolhas”.

Um livro cheio de referências literárias e cinematográficas, que termina a recordar os portugueses que ao longo da história estiveram próximos do poder nos EUA. Peter Francisco, açoriano raptado por piratas, é um deles.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Na hora de ponta, entre Cais do Sodré e Cascais, os comboios passarão a partir de 15 em 15 minutos, em vez de ser de 12 em 12 minutos.
(Orlando Almeida / Global Imagens)

CP corta comboios na hora de ponta em Sintra e Cascais

(Maria João Gala / Global Imagens)

Governo e CP “estão a trabalhar” para garantir “níveis adequados de serviço”

Evento Anarcha Portugal, o primeiro colóquio do mundo de “pensadores livres”. Inclui presença de economistas e empreendedores de todo o mundo.
Brittany Kaiser ( denunciou a Cambridge Analytica ).
Maria João Gala / Global Imagens

Brittany Kaiser: “Multa à Google foi uma enorme conquista”

Outros conteúdos GMG
Livro. Causas e consequências da eleição de Trump