Nestlé cria 350 empregos em Portugal

ng3114852

A multinacional suíça vai criar 350 oportunidades de trabalho em Portugal para jovens até aos 30 anos.

A medida foi anunciada esta sexta-feira pela Nestlé na sua sede portuguesa e as oportunidades de trabalho vão repartir-se entre 160 contactos directos e 190 estágios. As primeiras vagas vão começar a ser disponibilizadas a partir desta sexta-feira.

O programa de empregos insere-se na “Iniciativa Europeia Nestlé Emprego Jovem” que vai criar no total 20 mil postos de trabalho em 20 países por toda a Europa, divididos entre 10 mil contratações directas e 10 mil oportunidades de estágio

Para mais informações consulte a página de recrutamento da Nestlé Portugal.

“Investir no emprego jovem é investir em inovação, talento e determinação características essenciais para sustentar o futuro de qualquer negócio”, de acordo com o diretor da Nestlé Portugal Jacques Reber.

Para a diretora de recursos humanos da Nestlé este programa é mais uma ajuda para mitigar a recessão económica em toda a Europa. “Esta iniciativa pode ser uma solução para resolver o desemprego jovem e a crise através das oportunidades de emprego e estágios proporcionados”, afirmou Ana Gomes.

As oportunidades de emprego vão ser disponibilizadas na sede da produtora alimentar em Linda-a-Velha, Oeiras, nas suas quatro fábricas ou num dos 20 centros de distribuição a nível nacional. O marketing, vendas, distribuição, logística, engenharia mecânica e electrotécnica, financeira e recursos humanos vão ser as principais áreas abrangidas por este programa.

A iniciativa foi lançada esta sexta-feira em simultâneo nos 20 países onde a Nestlé está presente. No futuro será também lançada uma iniciativa junto dos

Os selecionados vão usufruir assim de formação e aconselhamento de carreira, coaching e mentoring, a desenvolver junto das universidades, de forma a melhorar a empregabilidade dos jovens licenciados, através da construção de um bom currículo ou preparando-os para uma entrevista de trabalho.

Em Portugal, a iniciativa conta com o apoio do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página Inicial

Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, com responsáveis da VW na apresentação do T-Roc. Fotografia: DR

Caldeira Cabral confiante em acordo com trabalhadores da Autoeuropa

Fátima Barros, presidente da Anacom
Fotografia: Álvaro Isidoro / Global Imagens

Operadores dificultam rescisões de contratos e Anacom divulga alternativas

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Nestlé cria 350 empregos em Portugal