Opinião

Networking: saber onde e como construir uma boa rede de contactos

Sara do Ó

Fazer networking nunca foi tão importante como é hoje. Mais do que uma forma de fazer negócios, é já vista como uma competência altamente valorizada no mercado de trabalho.

A verdade é que quando expandimos a nossa rede de contactos, passamos a poder aceder a pessoas com múltiplas competências e especializações, dispostas a partilhar connosco o seu know-how.

Além de ser essencial para quem quer acelerar o crescimento e gestão da carreira, é uma poderosa ferramenta de marketing pessoal capaz de gerar referências, visibilidade e valor ao longo do tempo.

Enquanto profissional, reconheço a importância de ter uma boa rede de contactos e a forma como esta pode influenciar a evolução da minha carreira, aumentar o potencial de colaboração com outras entidades ou profissionais, o crescimento da empresa que lidero e, de alguma forma, o futuro de quem nela diariamente trabalha.

É por essa razão que tento marcar presença nos eventos para os quais sou convidada. É fundamental estar presente, nem que seja por cinco minutos. Por mais pequeno que o evento seja, nunca sabemos as novas oportunidades que dali podem surgir. Um contacto feito em poucos minutos pode não parecer vantajoso no momento, mas poderá ser bastante útil no futuro.

Quando se faz networking, não há espaço para nervosismo ou timidez. Apesar de nos refugiarmos cada vez mais nos nossos telemóveis, hoje em dia é praticamente impossível estar presente, quer numa grande conferência ou num momento de descontração com colegas depois do trabalho, sem uma troca de palavras com alguém.

O mais importante será estar onde os outros estão, aproveitar esses momentos para potenciar futuras ligações e manter o contacto, sem nunca esquecer que o nosso benefício passa também pelo do outro. Só assim será possível construir relações de networking duradouras e, quem sabe, novos negócios bem-sucedidos.

Para concluir, deixo cinco dicas que considero serem essenciais para manter a rede de contactos ativa:

1. Ter uma presença frequente em eventos da sua rede de relacionamentos;

2. Saber expressar-se de forma clara para que as pessoas percebam as suas intenções;

3. Ser uma pessoa informada. Ler, consumir conteúdos e estar a par das notícias de forma a surgirem conversas e temas interessantes;

4. Compartilhar ideias e convidar pessoas para opinar e partilharem também as suas ideias;

5. Ser fiel e verdadeiro aos seus contactos, de forma a não ser visto como alguém que só recorre aos outros por interesse.

Sara do Ó é CEO do Grupo Your

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
16. Empregados de mesa

Oferta de emprego em alta no verão segura aumento de salários

Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (Fotografia: José Coelho/ Lusa)

Marcelo aprova compra do SIRESP. Governo fica com “acrescidas responsabilidades”

draghi bce bancos juros taxas

BCE volta a Sintra para o último Fórum com Draghi na liderança

Outros conteúdos GMG
Networking: saber onde e como construir uma boa rede de contactos