Número de trabalhadores com salário até 310 euros cresceu 5%

Há mais pessoas a ganhar menos de 310 euros
Há mais pessoas a ganhar menos de 310 euros

O número de pessoas empregadas por conta de outrem que ganham menos de 310 euros - um valor inferior ao considerado para medir o limiar de pobreza - aumentou 5% entre o primeiro trimestre deste ano e igual período de 2014. Apesar desta subida nos escalões mais baixos de rendimento, superior ao aumento de 3,6% do universo de trabalhadores por conta de outrem, a remuneração média líquida global dos trabalhadores melhorou 22 euros, sendo agora de 824 euros por mês.

O número de pessoas que recebem menos de 310 euros por mês tem, de resto, tido subidas sucessivas desde o segundo trimestre do ano passado, tendo chegado às 151,2 mil pessoas na entrada de 2015.

O aumento destas situações ocorreu em simultâneo com o acréscimo do número de desempregados (que na evolução trimestral passou de 698,3 mil pessoas para 712,9 mil ) e o recuo da população empregada, com os dados do INE a darem conta da perda de 14,5 mil empregos.

Nos restantes patamares de rendimento registam-se igualmente subidas homólogas , havendo, no entanto, a registar duas exceções: os salários líquidos entre os 310 e os 600 euros perderam cerca de 15 mil pessoas e os empregos que pagam mais de 3 mil euros perderam mais de 4 mil.

Tudo isto fez com que o rendimento médio líquido mensal dos trabalhadores por conta de outrem tivesse subido para os 824 euros no primeiro trimestre deste ano. São mais mais seis euros do que no final o ano passado.

Os dados do INE revelam ainda que do lado do desemprego se observou uma subida de 29,2% entre os que estão sem trabalho há mais de 12 meses. Já os que procuram emprego há mais de 25 meses (e que mais próximos de esgotar o subsídio de desemprego) diminuirão na evolução trimestral.

Aos 712,9 mil desempregados oficiais há ainda a somar os inativos que procuram emprego mas não estão disponíveis e os que não procuram mas estão disponíveis, o que faz aumentar para 993 mil o universo de pessoas afastadas do mercado de trabalho.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
7. Aeroporto de Londres Heathrow

Oficial. Portugal fora do corredor turístico do Reino Unido

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Decisão do Reino Unido é “absurda”, “errada” e “desapontante”, diz Santos Silva

O primeiro ministro, António Costa.     MANUEL DE ALMEIDA / POOL/LUSA

António Costa admite despedimentos na TAP com menos rotas e aviões

Número de trabalhadores com salário até 310 euros cresceu 5%