Pânico de falar em público? Dez passos para ser um sucesso

Não se assuste ao falar em público
Não se assuste ao falar em público

Há pessoas que têm suores só com a ideia de que vão ser obrigadas a falar perante uma plateia. Fazer um discurso em público não é nada de outro mundo e o sucesso depende da forma como cada um domina as suas próprias emoções e falhas, de molde a não perder o interesse de quem o ouve. Não acredita? Siga estes dez passos e faça um discurso no fim.

1.
Respire e faça pausas.Respirar
bem e controladamente ajuda qualquer orador. Também não tenhas
receio de fazer pausas. Ninguém vai pensar que se perdeu só porque
parou de falar durante dois ou três segundos.

2.
Tome notas do discurso e imprimi-as num tipo de letra grande.

Estas notas vão ajudar o orador a manter o discurso fluído e dentro
do assunto. Não caia na tentação de ler um discurso. A audiência
não vai querer ficar a olhar para o alto da sua cabeça

3. Domine
as matérias.
Quando faz uma
apresentação pública, quem o ouve parte do princípio de que está
perante um especialista. Se mostrar confiança, vai conquistar a
plateia. E dominar bem as matérias também é muito útil quando um
colega mais enrascado nos passa a palavra…

4. Mantenha
o contacto visual
. Vá
perscrutando a sala e olhe as pessoas para quem está a falar nos
olhos. Uma boa audiência transmite energia e participa se sentir
uma presença amigável. O contacto visual também permite perceber
se as pessoas estão a apreender o que estão a ouvir.

5. Se
está mesmo nervoso pratique antes.

Mesmo que esteja a falar para os seus filhos ou para os animais de
estimação, treine o seu discurso antecipadamente. Ouvir-se pode
ajudá-lo a sentir-se mais confortável e a descobrir pequenas
coisas que não resultam. Há pessoas que até gravam os exercícios
que fazem para descobrir o que está a mais no discurso.

6. Responda
a questões só no final.
É
melhor fazer um discurso mais curto e conciso do que ter uma
audiência a minar a apresentação. Faça saber que responderá a
todas as questões sobre a matéria em questão. Mas só no final.

7. Não
se enerve com o tempo
. As
pessoas tendem a falar mais rápido quando estão nervosas, por isso
mantenha a calma para controlar o tempo de que dispõe. Coloque o
relógio no púlpito onde vai falar e vá olhando para ele
discretamente. Nunca, mas nunca, caia na tentação de olhar para o
relógio no pulso. Vai perder o interesse da sua audiência antes de
terminar o discurso.

8. Esteja
ciente dos seus tiques.
Enrolar
o cabelo, brincar cm um colar ou fazer estalar os dedos são tiques
que podem distrair o público e arruinar a sua apresentação. Não
utilize roupa ou joalheria que faça barulho. Evite tudo o que possa
desviar as atenções de si.

9. Se
der por si a dizer “uh…” ou “eh…” pare, respire e pense
no que vai dizer a seguir.

Toda a gente já assistiu a discursos onde o palestrante pontua cada
frase com um prolongado “ummmmm”. Não soa muito bem. Não dizer
nada parece muito mais profissional do que estar a pensar alto,
acredite. Respire bem e pense na próxima frase.

10. Não
se esqueça de levar água e lenços no bolso.

A boca seca é um dos maiores inimigos de um bom discurso (lado a
lado com os soluços). E se lhe der vontade de espirrar é bom que
rapidamente resolva a situação… sozinho. Por isso, tenha perto
de si água num recipiente que não entorne facilmente e traga
sempre um pacote de lenços de papel. Não vá o diabo tecê-las…

Saiba mais sobre falar em público aqui e aqui.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: Filipe Amorim/Global Imagens

Analistas: “Decisão da Anacom poderá ter condenado o êxito da operação”

José Carlos Lourenço, Chief Operations Officer do Global Media Group (Nuno Pinto Fernandes / Global Imagens)

Prémios M&P. José Carlos Lourenço eleito Personalidade de Media

(Fábio Poço / Global Imagens)

Desempregados inscritos nos centros de emprego sobem 0,5% em agosto

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Pânico de falar em público? Dez passos para ser um sucesso