Emprego

Pipedrive está a contratar 50 pessoas para Lisboa

Second Home é uma das paragens prevista para o Lisbon Startup Tour. Fotografia: Diana Quintela /Global Imagens
Second Home é uma das paragens prevista para o Lisbon Startup Tour. Fotografia: Diana Quintela /Global Imagens

Vagas estão abertas para programadores e designers. Empresa quer ter até 100 pessoas em Portugal no final de 2018

Atenção a todos os programadores e designers: a Pipedrive está a abrir o escritório em Lisboa e já está a contratar 50 pessoas para 2017. Em 2018, quer repetir a dose e terminar o próximo ano com um total de 100 pessoas em território português.

A empresa da Estónia especialista em software de gestão de relação de clientes (CRM) quer trazer para o nosso país as práticas desenvolvidas na sede, em Tallin (capital da Estónia), e no escritório em Nova Iorque (EUA).

Para já, as vagas estão abertas para os postos de suporte interno de IT, especialista em soluções para clientes, gestor de conta, full stack developer, front end developer e back end developer. As candidaturas podem ser feitas através desta página.

“O objetivo da Pipedrive é fazer parte da comunidade local de startups, tornar-se um empregador conhecido em Portugal e fazer deste escritório uma parte estratégica da empresa”, refere Martin Henk, co-Fundador da Pipedrive, citado em nota enviada às redações.

A Pipedrive está atualmente instalada no espaço de cowork Second Home, no Mercado da Ribeira. É neste local que irá promover um debate, a 17 de maio, sobre os desafios do recrutamento, entre os 18h e 20h, e que contará com também com uma ação para contratar novos funcionários.

Criada em 2010, a Pipedrive tem mais de 50 mil clientes e dá emprego a mais de 250 pessoas nos escritórios de Tallin e de Nova Iorque. O software da empresa está disponível em 14 línguas.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Margarida Matos Rosa, presidente da Autoridade da Concorrência

Tiago Petinga/Lusa

Concorrência acusa 5 seguradoras e 14 administradores de formarem um cartel

Turismo. Fotografia: REUTERS/Nacho Doce

Excedente comercial nacional afunda mais de 68% no 1º semestre

empresas

Quando o nome de família trava o crescimento das empresas

Outros conteúdos GMG
Pipedrive está a contratar 50 pessoas para Lisboa