Quer parecer um profissional competente? Pare de dizer estas 7 frases, já

ng4329642

A forma como se apresenta no local de trabalho é importante, mas como fala com os outros é ainda mais importante. Lolly Daskal, presidente e CEO da Lead From Within, dá uma série de pistas em relação às frases, muito comuns, que deve evitar. É motivo para dizer "para bom entendedor, meia palavra basta".

1. “Não tenho a certeza”. Sempre que diz isto, está a passar a mensagem de incerteza e falta de confiança nos seus conhecimentos. Assim, você marca o tom com que encoraja os outros a responder com refutações infundadas.

2. “Falando honestamente…” Esta frase leva os outros a pensar que está a tentar esconder alguma coisa. Sugere também que há vezes em que você não fala verdade.

3. “Lamento muito”. É bom pedir desculpa, mas há local e hora apropriados para o fazer. Estar constantemente a dizer isto perde o verdadeiro sentido, podendo dar a ideia de que não está a ser sincero.

4. “Literalmente”. É usada constantemente por muitos em qualquer discurso. Mas a verdade é que esta palavra é completamente desnecessária. A melhor estratégia é, literalmente, deixar de a usar.

5. “Tipo” em vez de “Como…” Usada muito no discurso empresarial dos anos 80, a palavra em inglês “Like” continua útil. Mas, porque ganhou novos sentidos, está a ser substituída por sons como “ummmm”. Não fica mais jovem, mas dá uma perceção diferente da sua inteligência.

6. “Vou tentar”. É uma frase que faz diminuir a perceção que os outros têm de si, do seu trabalho e da sua vontade. Dizer “vou fazer” indica convicção e que “vou tentar” denuncia incerteza.

7. “Está a perceber o que estou a dizer?” Pode ter vários sentidos: que quer ter a certeza que o seu interlocutor ouve bem ou que você não tem a certeza da eficácia do seu discurso. Se quer ter a certeza que o outro está a entender o que lhe está a dizer, olhe para ele e faça outras perguntas, no âmbito da conversa, para obter pistas.

Ler também:Guia rápido para se vestir bem e causar boa impressão

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: Artur Machado/Global Imagens.

Donos de alojamento local contestam agravamento das tarifas da água

Miguel Pina Martins, CEO da Science4you.

(Nuno Pinto Fernandes/Global Imagens)

Science4you quer alargar prazo da oferta pública até fevereiro

(Carlos Santos/Global Imagens)

Porto de Setúbal: Acordo garante fim da greve às horas extraordinárias

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Quer parecer um profissional competente? Pare de dizer estas 7 frases, já