Quer ser fruticultor? A Compal ajuda com 20 mil euros

ng3120109

É muita fruta. A Compal lançou esta semana a 2.ª edição da Academia do Centro de Frutologia, uma iniciativa de apoio e formação na área da fruticultura.

A iniciativa tem como destinatários empreendedores agrícolas que se pretendem instalar, aumentar ou reconverter a sua exploração agrícola.

Veja aqui o regulamento.

Os interessados em participar devem apresentar a candidatura em www.centrofrutologiacompal.pt, até ao dia 27de janeiro de 2014. A Academia 2013/2014 vai admitir 12
participantes. Contato para esclarecimentos.

A formação é composta por módulos práticos e teóricos e contempla visitas a explorações agrícolas modelo e centros de experimentação, num total de cerca de 50 horas de formação.

A Academia 2013/2014 culmina com a atribuição de três bolsas de instalação no valor de euro20 mil cada, aos três melhores projetos.

Ler mais: Está desempregado? Aqui há workshops
(gratuitos) para o ajudar

A Academiade Frutologia Compal tem como parceiros a
Associação dos Jovens Agricultores de Portugal, a Associação
Nacional de Produtores de Pera Rocha, a Confederação Nacional das
Cooperativas Agrícolas e do Crédito Agrícola de Portugal, a
Cooperativa Agrícola dos Fruticultores da Cova da Beira, o Crédito
Agrícola, a Direção Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural,
a FELBA – Promoção de Frutas e Legumes da Beira Alta, a Fruteco –
Fruticultura Integrada, a Hortas D”Idanha, o Instituto Superior de
Agronomia da Universidade Técnica de Lisboa e a Sociedade Agrícola
de Quinta de Lamaçais.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Lisboa Fotografia: Rodrigo Cabrita / Global Imagens

Medidas do Banco de Portugal para travar riscos no imobiliário são “adequadas”

Lisboa Fotografia: Rodrigo Cabrita / Global Imagens

Medidas do Banco de Portugal para travar riscos no imobiliário são “adequadas”

António Mexia, CEO da EDP. (Fotografia: Sara Matos / Global Imagens)

EDP assina compromisso para limitar aquecimento global a 1,5°C

Outros conteúdos GMG
Quer ser fruticultor? A Compal ajuda com 20 mil euros