aviação

Quer voar? Saiba o que procuram as companhias aéreas

A carregar player...

TAP e easyJet estão a expandir-se e precisam de reforçar os quadros. Nesta reportagem, explicam o que tem de ter para começar a voar

Só pilotos, têm sido contratados em média 44 por mês, mas o processo de expansão da TAP implica um recrutamento alargado e que vai manter-se o longo de todo este ano, assumiu já o presidente da companhia aérea nacional. De acordo com Antonoaldo Neves, no âmbito do programa de recrutamento iniciado em julho, o objetivo é que até ao início de 2019 se consiga recrutar pessoal à medida de um ritmo de crescimento de 10% ao ano, com a aquisição de novos aviões e a abertura de novas rotas a criar necessidades de reforço sem precedentes.

TAP assinou memorando com escola de pilotos. Leia mais aqui

Também a easyJet tem feito passar regularmente por Portugal os seus processos de recrutamento, resultado do “crescimento e do trabalho contínuo da companhia para reforçar as rotas existentes e estar em condições de explorar novas oportunidades”, explicou aqui ao Dinheiro Vivo José Lopes, diretor da easyJet para Portugal.

Companhias aéreas contratam em força em Portugal. Leia aqui

Com as transportadoras a reforçar a aposta feita neste país, nomeadamente no que respeita a recrutamento, o Dinheiro Vivo foi assistir aos processos de recrutamento de tripulantes da TAP e da easyJet e conta-lhe aqui o que as companhias procuram.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

Foto: DR

IMI baixa para mais de 24 mil famílias que pediram reavaliação

António Costa Silva, presidente do frupo Partex. 
(Nuno Pinto Fernandes / Global Imagens)

Huawei: “Portugal não tem a receber lições de moral”, diz presidente da Partex

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Quer voar? Saiba o que procuram as companhias aéreas