Emprego

Great Place to Work 2016. Empresa portuguesa no top europeu

Great Place to Work 2016 deu a conhecer a lista europeia dos melhores empregadores.

São oito as empresas da lista nacional que integram o ranking europeu do Great Place to Work 2016, mas apenas uma de capital 100% português, a ROFF.

Fundada em 1996, com sede em Lisboa e escritórios no Porto, Covilhã, Paris, Luanda, Estocolmo, Casablanca, São Paulo, Macau, Nyon e Cidade do México, a ROFF é uma empresa especializada na consultoria de soluções de software de gestão da empresa alemã SAP. E é a única empresa portuguesa entre as 25 organizações reconhecidas a nível europeu na categoria ‘Empresas de grande dimensão’, ocupando o 23º lugar.

A nível nacional ocupa o 2º lugar entre as empresas com mais de 250 colaboradores. Os seus trabalhadores destacam, como positivos, o “ambiente de trabalho e o reconhecimento em função do desempenho e do esforço adicional”.

Além da ROFF, foram distinguidas a Mars, a Cisco Systems, a AbbVie, a Volkswagen Financial Services, a Janssen-Cilag, a Diageo e o SAS Institute, todas no ranking das melhores multinacionais para se trabalhar. Esta categoria considera empresas reconhecidas em, pelo menos, três países diferentes.

A Mars e a Cisco Systems integram o Top 5 das multinacionais, em 1º e 4º lugar, respetivamente. As restantes integram o Top 25, com a AbbVie em 9º, a Volkswagen Financial Services em 12º, a Janssen-Cilag, da Johnson & Johnson em 18º, a Diageo em 19º e o SAS Institute em 21º lugar.

O instituto Great Place to Work traça o perfil deste conjunto de empresas, referindo que o sector de Tecnologias de Informação é o mais representativo (3 em 8), seguido do Comércio e Distribuição (2 em 8). A maioria (63%) localiza-se na Grande Lisboa e regista uma dimensão superior a 100 colaboradores (5 em 7).

O tratamento justo, independentemente da raça e da orientação sexual, bem como do género, um local de trabalho fisicamente seguro, e um sentimento de boas-vindas aquando da integração foram os pontos fortes destacados pela maioria dos funcionários das empresas distinguidas no Top 25 das multinacionais.

A lista dos 100 Best Workplaces foi apresentada em Dublin, na Irlanda, tendo sido avaliadas mais de 2.300 organizações de 19 países europeus.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Gerardo Santos/Global Imagens

Saídas para a reforma disparam 43% na função pública

Foto: DR

EDP flexibilizou pagamento de faturas no valor de 60 milhões de euros

Ministro de Estado, da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira. TIAGO PETINGA/LUSA

Moratórias bancárias estendidas até final de setembro de 2021

Great Place to Work 2016. Empresa portuguesa no top europeu