Gestão

Um mundo sem reclamações. Se calhar é possível

Imagine que nunca mais terá razões para reclamar. Não seria fantástico?

Claro que a perfeição não existe mas podemos sempre tentar fazer mais e melhor. Por exemplo, quando se faz uma compra online, o registo da encomenda corre bem mas, por alguma razão, o produto comprado teima em não chegar. O que fazer? Reclamar claro, e com todo o direito, afinal o cliente fez a sua parte sem erros mas a empresa que devia entregar o produto não está a dar a resposta esperada.

Como contornar a situação? Pedir desculpa e fazer de imediato uma entrega urgente para que o cliente receba finalmente o que comprou? Sim, pode ser uma boa forma de compensar o cliente. Mas e se este tipo de erro continuar a existir? A empresa irá constantemente solicitar entregas urgentes? Não serão estas entregas muito mais dispendiosas?

Então o que fazer para evitar que este tipo de erro aconteça de forma recorrente? Chegar à causa raiz do problema, pois só assim evitaremos que o mesmo erro se repita. A questão que se coloca é “Como chegar à causa raiz do problema?”. E é aqui que o 3C entra, pois é uma ferramenta de resolução de problemas simples.

Se pensarmos que problemas podem custar dinheiro, bloquear recursos, originar excesso de stocks, gerar não conformidades e causar stress, é fácil de perceber a importância que uma ferramenta como o 3C (Caso, Causa, Contramedida) pode ter no dia-a-dia de uma empresa.

Os passos do 3C são os seguintes:

Caso (Problema):

Selecionar e descrever o problema com o objetivo de melhoria SMART (Simple, Measurable, Achievable, Relevant, Tangible)

  • Identificar problemas e não soluções

  • Ir ao Gemba (local físico onde ocorre o problema) visualizar o problema

  • Procurar sintomas de muda (desperdício) e de variabilidade

  • Falar com dados

Causa:

Compreender quais as causas do problema

  • Analisar as possíveis causas no gemba;

  • Utilizar ferramentas de análise (como os 5 porquês ou o diagrama de espinha de peixe)

  • A título de curiosidade a técnica dos 5 porquês ajuda na identificação das possíveis causas de um problema. Trata-se de uma técnica que pergunta consecutivamente porquê até encontrar a causa raiz.

    Contramedida:

    Definir ações para a resolução do problema

    • Propor soluções ou contramedidas

    • Definir um prazo para ação

    • Não visar soluções perfeitas

    • Utilizar plano de ação para monitorizar ações

    Por fim, passar à verificação em que se analisa os dados e se verifica se estes estão de acordo com o esperado, nomeadamente:

    • Comparando a situação atual com a situação de partida

    • Fazendo reuniões para o acompanhamento dos indicadores

    • Tratamento dos dados de forma visual

    A aplicação da metodologia 3C permite encontrar a causa da raiz dos problemas, evitando a sua recorrência, e o processo é encerrado quando a verificação da solução atinge o objetivo esperado. Assim revela-se vital a análise dos problemas com uma postura proactiva. A atitude reativa resolve o problema no momento não o corrigindo na sua origem.

    O Kaizen Institute é uma empresa multinacional que dá suporte às organizações no desenho e implementação de processos que permitem a melhoria contínua de forma sustentada.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
5G_2

5G: Anacom arranca já com consulta. Leilão será em abril

5G_2

5G: Anacom arranca já com consulta. Leilão será em abril

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, conversa com o primeiro-ministro indigitado, António Costa, durante uma audiência para apresentação da lista de nomes propostos para secretários de Estado do XXII Governo Constitucional, no Palácio de Belém, em Lisboa, 21 de outubro de 2019. RODRIGO ANTUNES/LUSA

Primeira reunião do novo governo marcada para sábado a seguir à tomada de posse

Outros conteúdos GMG
Um mundo sem reclamações. Se calhar é possível