Carreiras

Viajar e ganhar dinheiro nas férias? Veja como

(Pixabay)

Empresa portuguesa especializada em experiências educativas no estrangeiro tem programas especiais à medida deste verão.

Estágios profissionais e remunerados, cursos de línguas em vários destinos, programas au pair, voluntariado, viagens educativas e anos sabáticos. A oferta é ampla e variada quer em género quer em destinos nos programas organizados pela VidaEdu. A empresa portuguesa especializada em experiências educativas no estrangeiro oferece “experiências de vida, profissionais e pessoais, mais profundas e inteligentes”. A maioria dos programas inclui alojamento, alimentação e remuneração.

Entre os programas disponíveis no site, há opções de estágios profissionais em 50 cidades de países como Inglaterra, Escócia, Irlanda, Malta, Espanha, Alemanha, Itália, França, EUA, Austrália, China, Japão, Maurícias, Argentina, Chile e Costa Rica, com duração a variar entre duas semanas e um ano. Mas também experiências profissionais em hotéis e quintas em 22 países, experiências de voluntariado em 17 localizações e a durar entre uma e 12 semanas, e até cursos intensivos de línguas (inglês, italiano, francês, alemão, espanhol, mandarim, japonês, árabe e russo) em mais de 80 cidades.

“Com a ajuda da nossa equipa, especializada e experiente, vai encontrar o melhor programa para si e ter uma experiência realmente enriquecedora”, prometem os responsáveis da VidaEdu, que marcaram um open day para quinta-feira, em Lisboa (das 11.00 às 17.00, no 2.º dto. do número 50 da Rua Andrade Corvo), outro em Coimbra no mesmo dia (Torre do Arnado, na Baixa) e uma sessão especial no sábado, de novo em Lisboa, para dar a conhecer os programas disponíveis no momento.

No Porto, a 9 de julho, a empresa estará na Cidade das Profissões como convidada para dar um workshop de grupo sobre cursos e estágios internacionais e esclarecer dúvidas (veja aqui mais detalhes).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ensino profissional é uma das áreas em que Portugal se posiciona pior na tabela do IMD World Talent Ranking 2019. Fotografia: Miguel Pereira/Global Imagens

Portugal é 23º no ranking mundial de talento. Caiu seis posições

O ensino profissional é uma das áreas em que Portugal se posiciona pior na tabela do IMD World Talent Ranking 2019. Fotografia: Miguel Pereira/Global Imagens

Portugal é 23º no ranking mundial de talento. Caiu seis posições

NUNO VEIGA / LUSA

Governo apresentou queixa contra 21 pedreiras em incumprimento

Outros conteúdos GMG
Viajar e ganhar dinheiro nas férias? Veja como