Coronavírus

Venda de máscaras com mais de mil reclamações – Portal da Queixa

Fotografia: Orlando Almeida/Global Imagens
Fotografia: Orlando Almeida/Global Imagens

Principais motivos das reclamações prendem-se com o atraso na entrega da encomenda, preço excessivo, burla e desconformidade com a certificação.

O Portal da Queixa registou mais de mil reclamações relacionadas com a venda de máscaras de proteção, estando os principais motivos relacionados com o atraso na entrega, o preço excessivo, burla e não conformidade com a certificação do Citeve.

“Em 100 dias analisados, foram identificadas 1 016 queixas”, refere o comunicado do Portal da Queixa, indicando que “os principais motivos estão relacionados com o atraso na entrega da encomenda, o preço excessivo, burla e não conformidade com o Centro Tecnológico e Têxtil (Citeve) de Famalicão.

Em termos de reclamações, as marcas que receberam o maior número, por ordem decrescente, foram: a MO Online – Modalfa (Sonae) recebeu 348 queixas a 365 Inbox teve 158 reclamações, a Pano Fino com 43, a N95 Portugal teve 38 queixas e a Zippy (Sonae) registou 15.

“Entre os principais motivos que levaram os consumidores a apresentar reclamações estão: atraso na entrega das encomendas (68%), preço excessivo (12%), burla (11%), não conformidade com o Citeve (5%) e outras (4%)”, refere a nota.

Na resposta aos consumidores, a MO teve 79% de respostas de apoio, no entanto, “evidenciou-se a sua ineficácia ao registar apenas 33% de taxa de solução, motivando desta forma uma insatisfação enorme junto dos consumidores que avaliaram a marca com uma média da avaliação de satisfação, de apenas 3 numa escala de 10”, refere o Portal da Queixa.

A plataforma online, indique que também é “expressivo o número de alegados casos de burla relatados pelos consumidores que efetuaram as suas compras online e nunca receberam as suas encomendas até hoje, sendo que “mais de 30 consumidores que reclamaram à marca N95 Portugal, não consideraram ainda resolvidas as suas divergências pelo não recebimento das encomendas ou pela falta de reembolso do valor pago”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ministro de Estado, da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira. TIAGO PETINGA/LUSA

Moratórias bancárias estendidas até final de setembro de 2021

covid-19 portugal corona virus

Emprego público sobe 0,9% com contratações da saúde e oficinas da CP

A ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Mariana Vieira da Silva TIAGO PETINGA/POOL/LUSA

Prorrogada situação de contingência em Portugal continental até 14 de outubro

Venda de máscaras com mais de mil reclamações – Portal da Queixa