1% da população detém tanta riqueza quanto os restantes 99%

A organização não-governamental (ONG) britânica garante que 1% da população mundial será detentora de mais património que os restantes 99%.

No próximo ano a maioria da riqueza mundial estará nas mãos de 1% da população. A pesquisa levada a cabo pela ONG garante que 1% da população será detentora de mais de metade do património, ultrapassando o valor dos restantes 99%.Os dados surgem na semana em que se inicia o Fórum Económico Mundial, em Davos. Este encontro reúne líderes políticos e empresariais de todo o mundo.

A pesquisa revela que a riqueza de 1% da população garantiu uma subida de 44% para 49%, no período compreendido de 2009 a 2014. Projeções apontam que, em 2020 os detentores de 1% da riqueza mundial poderão ver a sua fortuna aumentada para 54%, tendo em conta os dados do último ano.

A concentração da riqueza, segundo o relatório, "estabelece-se cada vez mais nos principais setores da economia, onde se incluí a área das finanças e da farmacêutica".

Winnie Byanyima, diretora-geral da Oxfam, garante em comunicado que, durante o Fórum Económico vai apelar à redução das desigualdades entre ricos e pobres. Para tal pede aos Estados para que adotem um plano de combate à evasão fiscal, com mais impostos sobre o capital e menos sobre o trabalho, promovam os serviços públicos gratuitos, criem salários mínimos e construam sistemas de proteção social para os mais pobres.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de