Investimento

Google vem para Portugal. Costa anuncia “grande investimento” e 500 empregos

O novo centro vai criar 500 empregos qualificados

A Google escolheu Portugal para instalar o novo Centro de Serviços para a Europa, Médio Oriente e África.

O anúncio foi feito ao início da tarde desta quarta-feira em Davos pelo primeiro-ministro, António Costa.

O novo hub tecnológico será instalado em Oeiras e vai criar 500 empregos qualificados. A abertura está prevista para o próximo mês de junho. Portugal não era o único país na corrida pelo investimento da gigante tecnológica.

Segundo a página de Twitter do Ministério da Economia, as negociações entre o Governo e a Google tiveram início durante a Web Summit, em novembro do ano passado.

António Costa fez o anúncio num evento paralelo do Fórum Económico Mundial, organizado pelo Governo e pela AICEP. A conferência, que teve como mote “Porquê Portugal? Porquê Agora?”, contou com a presença de empresários internacionais, gestores e jornalistas estrangeiros. O objetivo da iniciativa era atrair investidores para Portugal.

Além de António Costa, o evento contou com as intervenções do ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, e do ministro das Finanças, Mário Centeno. Segundo a agência Lusa, o primeiro-ministro garantiu durante o evento que existem “muitos investimentos em perspetiva”.

Já ontem o Ministro da Economia revelou ao Dinheiro Vivo que Portugal estava a despertar o interesse de vários investidores estrangeiros em Davos, sendo a área tecnológica uma das mais procuradas.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Assembleia da República. Fotografia: António Cotrim/Lusa

Gestores elegem medidas para o novo governo

Joana Valadares e a sócia, Teresa Madeira, decidiram avançar em 2015, depois do encerramento da empresa onde trabalhavam há 20 anos. Usaram o Montante Único para conseguir o capital necessário e a Mimobox arrancou em 2016. Já quadruplicaram o volume de negócios. (Foto cedida pelas retratadas)

Desempregados que criam negócios geram mais emprego

Salvador de Mello, CEO do grupo CUF (Artur Machado/Global Imagens)

CUF vai formar alunos médicos de universidade pública

Outros conteúdos GMG
Google vem para Portugal. Costa anuncia “grande investimento” e 500 empregos