Comissão Europeia

Moscovici chama “cretino, provocador e fascista” a eurodeputado italiano

EPA/MAURIZIO BRAMBATTI
EPA/MAURIZIO BRAMBATTI

Pierre Moscovici, chamou hoje "fascista" ao eurodeputado italiano Angelo Ciocca da Liga (extrema-direita).

Angelo Ciocca pisou com um sapato os documentos do comissário europeu para os Assuntos Económicos e Financeiros.

“É um cretino, um provocador, um fascista. A atitude foi grotesca”, disse hoje o Comissário Europeu para Assuntos Económico à cadeia de televisão CNews quando questionado sobre a provocação de Angelo Ciocca após a conferência de imprensa do comissário europeu sobre a rejeição do Orçamento do Estado italiano.

A decisão inédita por parte de Bruxelas rejeitou o orçamento e pediu ao governo de Roma a apresentação de um novo documento dentro de um prazo de três semanas.

Na terça-feira, após a comunicação de Moscovici, o eurodeputado da Liga, Angelo Ciocca, na mesma conferência de imprensa sobre o orçamento, exibiu os documentos do comissário europeu, tirou um sapato e pisou os papéis com o tacão.

“Na verdade, esta é a política que eu detesto e esta é a gente que eu combato até ao último sopro”, disse Moscovici à CNews referindo que o líder da Liga, Matteo Salvini se demarcou do gesto do eurodeputado.

“Não vamos mudar a Europa por causa destas provocações” declarou Salvini na terça-feira após a provocação do deputado europeu Angelo Ciocca.

Mesmo assim, o comissário europeu voltou a falar de “falta de respeito” e um gesto “grotesco”, as mesmas considerações que exprimiu na terça-feira numa mensagem difundida através da rede social Twitter.

“Primeiro sorrimos e não damos importância porque é ridículo, depois começamos a habituar-nos à violência surda e simbolista e um dia acordamos e temos o fascismo. Temos de nos manter vigilantes! A democracia é um tesouro frágil”, escreveu Moscovici sobre a provocação do eurodeputado da extrema-direita italiana.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
REUTERS/Pedro Nunes/File Photo

Programa de arrendamento acessível arranca a 1 de julho. Tudo o que deve saber

Fotografia: Pedro Rocha/Global Imagens

Governo questiona RTP sobre não transmissão de Jogos de Minsk

DHL Express Store2

DHL Express vai investir até 600 mil euros em rede de lojas pelo país

Outros conteúdos GMG
Moscovici chama “cretino, provocador e fascista” a eurodeputado italiano