Energia

Repsol oferece descontos nos combustíveis aos clientes que contratem luz e gás

repsol-media-c1735b4409180770bccd307bf5dc2b7d70790f99

A Repsol oferecerá descontos entre 2 e 6 cêntimos por litro de gasolina, diesel ou GPL aos clientes que contratem eletricidade ou gás.

Em Espanha, a petrolífera Repsol está a começar a preparar a sua oferta comercial para entrar no mercado como comercializador de eletricidade e gás, noticiou o Cinco Días. A empresa que esta semana completou a compra da comercializadora Viesgo por 733 milhões de euros começará a oferecer aos seus clientes planos e serviços com descontos cruzados em diversas áreas, de acordo com a proposta que o Cindo Días teve acesso.

Para começar, nos seus tarifários a Repsol oferecerá descontos, durante 12 meses, entre 2 e 6 cêntimos por litro de gasolina, diesel ou GPL aos novos clientes que contratem planos de eletricidade ou gás, independentemente da tarifa que subscrevam.

Soma-se ainda, durante seis meses, um desconto extra de três cêntimos para quem descarregar a aplicação móvel Waylet. Na prática, os descontos serão feitos por via de saldo carregado na app que depois pode ser usado nas gasolineiras da Repsol.

Os descontos aumentam na proporção do número de contratos celebrados com a Repsol. Por exemplo, com um contrato de eletricidade e gás os clientes podem obter um desconto de 2 cêntimos em gasóleo Diesel e+, gasolina Efitec 95 ou Autogas.

No caso de dois contratos, o desconto passa para três cêntimos e se forem três ou mais contratos a promoção nos combustíveis passa a 4 cêntimos por litro. Para gasóleo Diesel e+10 e gasolina Efitec 98, o desconto pode chegar a 6 cêntimos.

Com a entrada no mercado de eletricidade e gás a Repsol oferece ainda outros serviços de valor acrescentado, como assistência técnica em caso de emergência, cobertura de mensalidades em caso de desemprego e hospitalização, e serviços para segundas residências. A empresa apresenta também certificados de 100% baixas emissões, com garantia de origem passada pela CNMC.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(PAULO CUNHA/LUSA)

Costa espera ser primeiro-ministro 12 anos e dar início à regionalização

O novo primeiro-ministro, António Costa. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

OE2020: Costa anuncia reforço de incentivos ao arrendamento acessível

Alexandra Leitão, ministra da Administração Pública. Fotografia: António Pedro Santos/Lusa

Funcionários mais antigos podem perder dias de férias com baixas prolongadas

Outros conteúdos GMG
Repsol oferece descontos nos combustíveis aos clientes que contratem luz e gás