Energia

Luz e gás. Endesa lança novas tarifas com preços fixos mensais

REUTERS/Andrea Comas
REUTERS/Andrea Comas

A grande novidade passa pelo pagamento de um valor fixo todos os meses, diz a empresa, que quer ver crescer a sua quota de mercado em Portugal.

Depois da EDP Comercial ter lançado um “novo posicionamento” no mercado, com novos anúncios, uma nova linha gráfica e nova paleta de cores, agora é a vez de a Endesa lançar uma campanha publicitária para promover tarifas com preços fixos mensais, com vários “packs” com limites anuais de kWh, elegidos de acordo com as necessidades de consumo de cada cliente: “packs” de luz desde 18,90 euros por mês e “packs” de gás desde 7,50 euros por mês, informou a empresa em comunicado. O objetivo é “simplificar o modo de contratação de energia, aproximando-o do setor das telecomunicações, diminuindo desta forma a complexidade do mercado energético”. A grande novidade passa pelo pagamento de um valor fixo todos os meses, diz a empresa, que quer ver crescer a sua quota de mercado em Portugal.

De acordo com o último boletim da ERSE, “em termos de quota de mercado a EDP Comercial manteve em setembro a sua posição como principal operador no mercado livre em número de clientes (81%, no total), com uma perda de quota de 0,2 pontos percentuais, que já vem a ocorrer desde janeiro, no entanto, manteve a sua quota em termos de consumo (42%)”. Em número de clientes, a Endesa tem 5,5% dos mais de cinco milhões de clientes do mercado liberalizado, seguida de perto pela Galp com 5,1%. Os números do regulador mostram que a Endesa lidera no segmento de clientes industriais (27%), enquanto a Iberdrola mantém a liderança no segmento dos grandes consumidores (31%). Nos clientes domésticos, a EDP tem 76,8%, a Galp 5,7%, a Endesa 5,6% e a Iberdrola 5,3%.

No que diz respeito a preços, diz a ERSE, é a Galp que apresenta as ofertas comerciais com menor fatura anual para uma família de quatro pessoas (dois adultos e duas crianças) e também para as famílias numerosas (casal com quatro filhos). Quanto a um possível aumento dos tarifários para 2019, a EDP diz que ainda é prematuro falar nisso e que qualquer decisão está dependente das tarifas para o mercado regulado que a ERSE vai ainda apresentar até 15 de dezembro. “Esta não é uma campanha de produto, não é uma campanha de atualização de preços, não é uma promoção, mas sim uma campanha de posicionamento. Se não soubermos comunicar, será difícil que os clientes nos reconheçam legitimidade para abrir a porta e lhes vendermos o que sabemos que eles precisam, e que se calhar eles ainda não sabem que precisam”, disse Vera Pinto Pereira, CEO da EDP Comercial.

O objetivo principal da EDP passa por aumentar as receitas através da duplicação do número de clientes da EDP que têm contratados serviços adicionais entre 2019 e 2021, dos atuais 18% para 40%, ou seja 1,6 milhões de um total de quatro milhões de clientes. A estratégia é crescer nos próximos anos por via da venda de serviços adicionais, como o serviço de reparações e manutenção Funciona, planos de saúde, certificação energética, mobilidade elétrica, sistemas de armazenamento e baterias de lítio, painéis fotovoltaicos, entre outros.

A Endesa, por seu lado, aposta agora em lançar novas tarifas com preço fixo. A empresa dá conta de uma participação de mercado de 18% em energia fornecida, e afirma-se como “a segunda empresa comercializadora do país, com uma carteira de cerca de 330 mil clientes domésticos e industriais”.

“A Tarifa Power Pack consiste na oferta de vários packs com limites anuais de kWh, elegidos de acordo com as necessidades de consumo de cada cliente. A grande novidade passa pelo pagamento de um valor fixo todos os meses, (com packs de luz desde 18,90/mês, e de gás desde 7,50€/mês. E pelo regresso da oferta de uma mensalidade com a renovação do contrato”, disse a empresa em comunicado. Com estes “packs anuais”, a elétrica espanhola com presença em Portugal há 25 anos, desde 1993, tem como objetivo “simplificar o modo de contratação de energia, aproximando-o do setor das telecomunicações, diminuindo desta forma a complexidade do mercado energético”.

“A Endesa desenvolveu um conjunto de ferramentas que irão ajudar o cliente tanto no momento da escolha do pack adequado, tendo em conta as características da sua casa e o tipo de aquecimento que dispõe, como no momento de controlar o seu consumo e poupar nas suas faturas (poderá verificar se a potência está bem contratada ou comparar o seu consumo com o dos seus vizinhos)”, explicou ainda a empresa. A nova campanha irá ser divulgada através de spots televisivos, publicidade em rádio, imprensa escrita e online, e salas de cinema.

 

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Munique está no primeiro lugar das cidades com maior projeção profissional. (DR)

Turistas portugueses ‘descobriram’ a Alemanha

Mario Draghi, Presidente do Banco Central Europeu. REUTERS/Kai Pfaffenbach

BCE discutiu pacote de medidas para estimular economia na reunião de julho

Hotéis de Lisboa esgotaram

“Grandes” eventos impulsionaram aumento dos preços na hotelaria em junho

Outros conteúdos GMG
Luz e gás. Endesa lança novas tarifas com preços fixos mensais