Coronavírus

1316 mortos e 30 623 casos de covid-19 em Portugal

covid 19 portugal casos coronavirus DGS
Fotografia: Laurent Gillieron/EPA

Números de recuperados disparou para 17 549

Já há 1316 mortos e 30 623 casos de covid-19 em Portugal, segundo dados divulgados este domingo no boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Morreram mais 14 pessoas nas últimas 24 horas e há mais 152 pessoas infetadas.

O número de doentes recuperados disparou, tal como tinha avisado ontem a ministra da Saúde, para 17 549 (mais 9844).

Há 536 pessoas infetadas internadas (menos 14) e 78 nos cuidados intensivos (menos duas).

O relatório de situação da DGS aponta agora para 309 966 casos suspeitos desde o início do ano, dos quais 277 228 não confirmados e 2115 pessoas a aguardar resultado laboratorial. Estão em vigilância pelas autoridades de saúde 26 328 pessoas em Portugal.

O Norte regista o maior número de óbitos, 738, seguindo-se Lisboa e Vale do Tejo com 316, a região centro com 231, os Açores e o Algarve com 15 e o Alentejo com um morto. Na Madeira não há mortos a lamentar.

São sete os concelhos em Portugal com mais de 1000 casos confirmados do novo coronavírus: Lisboa lidera com 2177, seguem-se Vila Nova de Gaia com 1552, Porto com 1347, Matosinhos com 1269, Braga com 1209, Gondomar com 1077 e Sintra com 1006.

 

covi

Casinos preparados para abrir em junho

Os casinos portugueses deverão reiniciar atividade no próximo mês de junho, mais de dois meses e meio após terem encerrado as portas devido à pandemia do novo coronavírus e que obrigou as concessionárias a aderirem ao regime de lay-off simplificado.

As salas de jogo implementaram um conjunto de medidas para assegurar o distanciamento social e a higienização dos espaços, seguindo um caderno de encargos sob a estrita observância do Turismo de Portugal com vista à atribuição do selo Clean & Safe.

Citeve investe meio milhão para reforçar resposta à covid-19

O Centro Tecnológico Têxtil e Vestuário (Citeve) já investiu cerca de meio milhão de euros em novos equipamentos para aumentar a sua capacidade de resposta em alguns ensaios no âmbito da covid-19. E vai reforçar os quadros.

Desde meados de março que o centro está “claramente a trabalhar acima da sua capacidade normal”, obrigando à deslocação de técnicos de umas áreas para outras, mas o diretor-geral da instituição admite que precisa de, rapidamente, retomar alguns projetos de investigação e desenvolvimento que ficaram em stand-by. “A certificação é o grande suporte do presente, mas é altura de trabalhar o futuro”, sublinha Braz Costa.

 

Sintomas do novo coronavírus:

Coronavírus - sintomas

LEIA AQUI TODA A COBERTURA SOBRE O NOVO CORONAVÍRUS

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Paschal Donohoe

Sucessor de Centeno: Irlandês Donohoe surpreende e bate espanhola Calviño

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Défice de 2020 vai ser revisto para 7%. Agrava previsão em 0,7 pontos

Comissário Europeu Valdis Dombrovskis. Foto: STEPHANIE LECOCQ / POOL / AFP)

Bruxelas acredita que apoio a empresas saudáveis estará disponível já este ano

1316 mortos e 30 623 casos de covid-19 em Portugal