Energia

Galp coloca em produção a nona plataforma no pré-sal brasileiro

FPSO P-67
FPSO P-67

A nova plataforma eleva a capacidade dos projetos Lula/Iracema para 1,3 milhões de barris diários de petróleo e 56 milhões m3 de gás natural.

A Galp informou esta sexta-feira em comunicado à Comissão do Mercado de valores Mobiliários (CMVM) que a empresa “passou a contar com uma unidade de produção adicional em operação nos campos Lula/Iracema, a nona plataforma instalada em pouco mais de oito anos numa das regiões produtoras de petróleo e gás natural mais ricas e competitivas do planeta”.

A nova unidade, designada P-67, encontra-se colocada na área de Lula Norte, no pré-sal da bacia de Santos e dispõe de uma capacidade para processar diariamente 150 mil barris de petróleo e 6 milhões de metros cúbicos de gás natural.

“Esta FPSO (da sigla inglesa Floating, Production, Storage and Offloading ) deverá ser ligada a um total de nove poços produtores e seis poços injetores”, refere a petrolífera.

O início de produção da plataforma P-67 marca a conclusão do investimento inicial de desenvolvimento de grandes infraestruturas pelo consórcio do BM-S-11 em Lula/Iracema, que, além da Galp, com uma participação de 10%, integra ainda a Petrobras, operadora do projeto, com 65%, e a Shell Brasil Petróleo Ltda., com os restantes 25%.

As nove unidades instaladas desde o início da década dispõem de uma capacidade combinada para processar diariamente 1,3 milhões de barris de petróleo e 56 milhões de metros cúbicos de gás natural. A nova FPSO eleva a capacidade de processamento instalada dos projetos Lula/Iracema para 1,3 milhões de barris diários de petróleo e 56 milhões m3 de gás natural

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(EPA/ALEXANDER BECHER)

Ainda há 17 mil automóveis do grupo Volkswagen por reparar

Fotografia: Mário Ribeiro

Antigo ministério da Educação vai ter 600 camas para estudantes

Fotografia: José Sena Goulão / Lusa

BES: Último grupo de lesados mais perto de receber compensação

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Galp coloca em produção a nona plataforma no pré-sal brasileiro