Empresas

Siemens Portugal com lucro de 33,7 milhões de euros

Pedro Pires de Miranda, Presidente Executivo da Siemens Portugal
Pedro Pires de Miranda, Presidente Executivo da Siemens Portugal

A Siemens Portugal exportou para 56 países e atingiu os 122,8 milhões de euros, registando um crescimento de 4,6% nas exportações.

Com vendas no valor de 319 milhões de euros e exportações para 56 países no valor de 122,8 milhões, a Siemens Portugal anunciou esta quarta-feira os resultados financeiros relativos ao ano fiscal de 2018: os lucros subiram 120,6% em 2018, mantendo a tendência de crescimento dos últimos anos, assegurou a empresa em comunicado.

Pedro Pires de Miranda, presidente executivo da Siemens Portugal, garantiu que a empresa vai “continuar a estratégia de enfoque na digitalização, nas parcerias com os nossos clientes, nos laboratórios aplicacionais, nas exportações e no crescimento dos centros de competência internacionais e reforço do Lisbon Tech Hub”.

O comunicado enviado sublinha que “de outubro de 2017 a final de setembro de 2018, a empresa registou um resultado líquido de 33,7 milhões de euros, o que representa um crescimento de 120,6% em relação ao ano anterior, e vendas no valor de 319 milhões de euros, mais 6,6% que no período homólogo”.

Através dos seus centros de serviços partilhados e centros de competências de engenharia e de tecnologias de informação, refere o mesmo documento, a Siemens Portugal exportou para 56 países e atingiu os 122,8 milhões de euros, registando um crescimento de 4,6% nas exportações. “Estas englobam áreas como IoT, aplicações cloud, big data, análise de dados, cibersegurança, finanças, recursos humanos, imobiliário, entre outras”.

Também a fábrica de Corroios contribuiu para as exportações da filial portuguesa, exportando 85% dos quadros elétricos que produziu, para países como a Alemanha, Republica Checa, Holanda, Suíça, Bulgária, Áustria, Bélgica, entre muitos outros, explica a empresa.

“No geral a performance da empresa foi bem-sucedida em toda a linha, particularmente nas áreas da automação e controlo industrial, das redes inteligentes e transição energética e das tecnologias para edifícios. O aumento das exportações, a performance junto dos nossos clientes e o excelente desempenho das áreas operacionais de soluções tecnológicas e serviços contribuíram para o crescimento das vendas para os 319 milhões de euros e dos resultados líquidos para os 33,7 milhões de euros” disse Pedro Pires de Miranda.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ministro da Economia Pedro Siza Vieira, no Roteiro Automóvel, visitou a PSA e conduziu um dos carros fabricados em Mangualde.  (João Silva / Global Imagens )

Governo quer choque elétrico nas fábricas de automóveis

Ana Jacinto, secretária-geral da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) antes de uma entrevista, esta manhã nos estúdios TSF.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Ana Jacinto. Hotelaria e restauração precisam de mais de 40 mil trabalhadores

despedimentos coletivos

Despedimentos coletivos voltam a subir em 2019 e arrasam no Norte

Siemens Portugal com lucro de 33,7 milhões de euros