bancos centrais

Ouro do Banco de Portugal valorizou 481 milhões em 2018

Fotografia: Lisi Niesner / Reuters
Fotografia: Lisi Niesner / Reuters

A subida do dólar em 2018, moeda em que é cotado o metal amarelo, ajudou a aumentar o valor da reserva de ouro.

A reserva de ouro do Banco de Portugal valorizou 481 milhões de euros em 2018. Está avaliada em 13 786 milhões, uma subida de 3% face ao ano anterior, indicou esta sexta-feira a instituição liderada por Carlos Costa no relatório de atividade e contas de 2018. O Banco de Portugal voltou a não mexer nestas reservas que são umas das maiores do mundo.

“À semelhança dos anos anteriores, a quantidade de ouro detida pelo Banco (382,5 toneladas) não se alterou. O respetivo valor, em euros, aumentou 3%, refletindo a valorização do ouro face ao euro”, indicou o Banco de Portugal. Detalha que “a reserva de Ouro do Banco de Portugal totalizava 13 786 milhões de euros no final de 2018, que representa um acréscimo de 481 milhões de euros face a 2017”.

O banco central explica que “esta evolução deveu-se à valorização do USD face ao EUR, uma vez que o preço do Ouro em USD sofreu uma desvalorização de 1,1% face a 2017”. O custo de aquisição do ouro do Banco de Portugal foi de três mil milhões de euros, o que levou a diferenças de reavaliação acima de 10,7 mil milhões de euros.

O Banco de Portugal indica ainda que “efetuou swaps de ouro por moeda estrangeira, com o intuito da rentabilização deste ativo de reserva”. Segundo dados do World Gold Council, Portugal é 12.º país com as maiores reservas de ouro.

Leia também: Estes são os países com as maiores reservas de ouro

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Lisboa,  29/09/2020 - Ursula Von der Leyen, Presidente da Comissão Europeia.
(Paulo Alexandrino/Global Imagens)

Ursula von der Leyen. “Portugal é único e tem agora oportunidades maravilhosas”

Portugal's Prime Minister Antonio Costa speaks during presentation of the European and Portuguese Recovery and Resilience Plans, at Champalimaud Foundation, in Lisbon, Portugal, 29 September 2020. Ursula Von Der Leyen is in Lisbon for a two-day official visit. MÁRIO CRUZ/LUSA

Portugal recorrerá só a subvenções. Empréstimos só quando situação melhorar

ANTONIO COTRIM/ LUSA

Von der Leyen: Instrumento “SURE é um escudo para os trabalhadores e empresas”

Ouro do Banco de Portugal valorizou 481 milhões em 2018