Economia

ISEG: Economia vai manter ritmo de crescimento no segundo trimestre

Exportações em crescendo
Exportações em crescendo

Crescimento económico no 1º trimestre teve como “principal causa direta uma forte aceleração do investimento”, sublinha o ISEG na síntese de conjuntura de junho.

O aumento do Produto Interno Bruto (PIB) em 1,8% nos primeiros três meses do ano deveu-se à “forte aceleração do investimento cujo impacto em termos de crescimento do PIB foi limitado pelo fraco crescimento das Exportações e o forte crescimento das Importações e, em consequência, um forte contributo negativo da Procura Externa Líquida”,lê-se na síntese de conjuntura do ISEG relativa a junho de 2019.

Nos indicadores de clima e confiança Portugal evolui em contracorrente com a zona euro, que em maio registou uma melhoria.

Para o segundo trimestre, os economistas do ISEG consideram que os primeiros dados quantitativos “sugerem um crescimento estável do Consumo Privado, um menor crescimento do Investimento e um contributo negativo da Procura Externa Líquida”, o que deverá fazer com que o crescimento homólogo do PIB se mantenha ao nível do registado no primeiro trimestre.

“Atendendo ao crescimento registado no 1º trimestre, e aos desenvolvimentos da economia europeia e nacional, manteve-se a previsão para o crescimento do PIB em 2019 no intervalo [1,6% a 2,0%]”, prevê o ISEG.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
5D5BF6F7-69DF-4F33-9B33-A8FE9E3B1547

O fim dos concessionários? Na era digital, por cá ainda se compra o carro no stand

O presidente da China, Xi Jinping, fez uma visita de Estado a Portugal no final de 2018. Fotografia: Filipe Amorim/Global Imagens

Angola e China arrastam exportações portuguesas. Alemanha e Itália ainda não

( Jorge Amaral/Global Imagens )

Preços das consultas da ADSE ainda em aberto

Outros conteúdos GMG
ISEG: Economia vai manter ritmo de crescimento no segundo trimestre