Imobiliário

Preço médio das casas em Lisboa acima dos 3.500 euros por metro quadrado

Fotografia: Global Imagens
Fotografia: Global Imagens

Freguesias de Santo António e Misericórdia são as mais caras da cidade.

O preço médio das casas em Lisboa manteve-se, no primeiro trimestre deste ano, acima dos 3.500 euros por metro quadrado (m2), segundo revelou hoje a consultora Confidencial Imobiliário.

Em comunicado, a organização adiantou que “o preço médio de venda das casas em Lisboa atingiu no primeiro trimestre de 2019 os 3.561 euros/m2”, de acordo com os dados do SIR-Sistema de Informação Residencial, gerido pela Confidencial Imobiliário e que monitoriza o segmento.

A consultora concluiu ainda que o primeiro trimestre deste ano foi o terceiro consecutivo “em que o preço de venda das casas na capital se situa acima dos 3.500 euros/m2, um patamar até então inédito neste mercado e que se mantém apesar da tendência consistente de abrandamento na subida de preços verificada desde o segundo trimestre de 2018”.

A entidade indicou que, segundo o índice de preços residenciais da Confidencial Imobiliário, “o crescimento homólogo do preço das casas em Lisboa passou de uma taxa de 21,5% no 2.º trimestre de 2018 para uma de 10,9% no 1.º trimestre de 2019”.

Segundo o SIR dos primeiros três meses deste ano, as casas “demoram, em média, seis meses para ser vendidas em Lisboa, um indicador que se manteve estável face ao primeiro trimestre de 2018”.

A Confidencial Imobiliário adiantou também que as freguesias de Santo António e Misericórdia são as mais caras da cidade, com “preços médios de venda de, respetivamente, 5.251 euros/m2 e 5.056 euros /m2 no primeiro trimestre de 2019 e sendo as duas únicas a transacionar acima dos 5.000 euros/m2”, lê-se na mesma nota.

Por outro lado, “a freguesia com o preço de venda mais baixo é Marvila, onde as transações se realizaram em média por 2.225 euros/m2”, segundo os dados divulgados pela consultora.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Mário Centeno, ministro das Finanças e presidente do Eurogrupo. Fotografia: EPA/STEPHANIE LECOCQ

Peso da despesa com funcionários volta a cair para mínimos em 2020

26/10/2019 ( Nuno Pinto Fernandes/ Global Imagens )

Conselho de Ministros aprovou Orçamento do Estado

Marcelo Rebelo de Sousa, Christine Lagarde e Mário Centeno. Fotografia: MIGUEL FIGUEIREDO LOPES/LUSA

Centeno responde a Marcelo com descida mais rápida do peso da dívida

Outros conteúdos GMG
Preço médio das casas em Lisboa acima dos 3.500 euros por metro quadrado