Leilão de Dívida

Portugal colocou 750 milhões em dívida com taxa histórica

Cristina Casalinho, presidente do IGCP. Fotografia: Diana Quintela/Global Imagens
Cristina Casalinho, presidente do IGCP. Fotografia: Diana Quintela/Global Imagens

A procura cifrou-se em 1.855 milhões de euros, 2,47 vezes o montante colocado.

Portugal colocou 750 milhões de euros, montante mínimo anunciado, em Obrigações do Tesouro (OT) a 15 anos à taxa de juro de 0,490%, um novo mínimo histórico, divulgou a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (sigla IGCP).

Segundo a IGCP foram colocados 750 milhões de euros em OT com maturidade em 18 de abril de 2034 (cerca de 15 anos) à taxa de juro de 0,490%, abaixo da registada em 11 de setembro, de 0,676%, anterior mínimo histórico.

A procura cifrou-se em 1.855 milhões de euros, 2,47 vezes o montante colocado.

No anterior leilão comparável, em 11 de setembro, Portugal colocou 400 milhões de euros em OT com maturidade também em 18 de abril de 2034 (cerca de 15 anos) à taxa de juro de 0,676%, abaixo da verificada no anterior leilão comparável de 12 de junho (1,052%), e a procura atingiu 919 milhões de euros, 2,3 vezes o montante colocado.

A IGCP anunciou para hoje a realização de um leilão de OT num montante indicativo global entre 750 e mil milhões de euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E), conversa com o ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno (D), durante o debate parlamentar de discussão na generalidade do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020), esta tarde na Assembleia da República, em Lisboa, 09 de janeiro de 2020. MIGUEL A. LOPES/LUSA

Subida do PIB em 2019 chega aos 2,2% com revisão nas exportações de serviços

Fotografia: TIAGO PETINGA/LUSA

Novo Banco prevê redução de 1,7 mil milhões de malparado em 2020

Sede do Novo Banco, ex-BES, na Avenida da Liberdade.
(Ângelo Lucasl / Global Imagens )

Novo Banco não afasta que possa vir a pedir mais capital ao Fundo de Resolução

Portugal colocou 750 milhões em dívida com taxa histórica