Coronavírus

Rangel trouxe 130 toneladas de equipamento médico da China

Fotografia: D.R.
Fotografia: D.R.

O grupo Rangel colocou mais de 1.000 metros cúbicos de dispositivos médicos no Porto, numa operação relâmpago de 3 dias.

Com este Boeing 747, que aterrou ontem no Porto proveniente de Xangai, na China, que soma ao Antonov 124 que chegou na passada terça-feira, foram transportadas mais de 130 toneladas de dispositivos médicos hospitalares para o Porto em 48 horas.

Este transporte consistiu na consolidação de carga, de 21 importadores.

Para esta operação, a Rangel coordenou diversos fornecedores espalhados por todo o território continental chinês e de seguida procedeu a toda gestão logística de acordo as novas regras aduaneiras em vigor: recolha das cargas, consolidação em Xangai, gestão documental, despacho aduaneiro, seguros, fretamento do avião e supervisão do carregamento até à chegada ao Porto.

Já no Aeroporto do Porto, iniciou-se todo o processo de desalfandegamento de forma a permitir a rápido entrega nos vários destinos em Portugal.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Paschal Donohoe

Sucessor de Centeno: Irlandês Donohoe surpreende e bate espanhola Calviño

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Défice de 2020 vai ser revisto para 7%. Agrava previsão em 0,7 pontos

Comissário Europeu Valdis Dombrovskis. Foto: STEPHANIE LECOCQ / POOL / AFP)

Bruxelas acredita que apoio a empresas saudáveis estará disponível já este ano

Rangel trouxe 130 toneladas de equipamento médico da China