Imobiliário

Lisboa com 2 241 pedidos de licenciamento de novos fogos até junho

Lisboa

Do total de novos fogos em carteira, 59% são construção nova, avança a Confidencial Imobiliário.

São 240 projetos residenciais que vão introduzir no mercado novos fogos em Lisboa. Segundo o Pipeline Imobiliário da Confidencial Imobiliário, foram submetidos a licenciamento 2 241 novos fogos nos concelho da capital no primeiro semestre deste ano. Fazendo as contas aos últimos dois anos e meio, de 2017 a junho de 2019, somam-se 9 758 novos fogos em Lisboa, em 1 116 projetos imobiliários, ou seja, 10% do total nacional.

De acordo com a Confidencial Imobiliário, 59% dos fogos são construção nova, ultrapassando a reabilitação. “Destaca-se ainda a maior dinâmica no lançamento de projetos de grande dimensão”, sublinha a empresa. Em Campolide vão nascer dois edifícios residenciais com mais de 100 fogos cada e no Parque das Nações outro com 115 habitações.

Em 2017 e 2018 foram lançados outros sete projetos de grande dimensão, incluindo um na freguesia de Santo António (112 fogos) e outro em Campolide (108 fogos). A freguesia de Santa Clara recebeu dois novos projetos (um de 108 e outro de 130 fogos) e Benfica um projeto com 168 fogos. Em Marvila vai nascer um empreendimento com 185 casas e nos Olivais outro com 157 fogos. Com exceção do projeto de Benfica (resultante de reabilitação), todos são de construção nova.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Assembleia da República. Fotografia: António Cotrim/Lusa

Gestores elegem medidas para o novo governo

TVI

Cofina avança com OPA sobre 100% da Media Capital por 180 milhões

Entrevista DV/TSF com secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.
Fotografia: PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Ana M. Godinho: “É preciso um compromisso de valorização e subida de salários”

Outros conteúdos GMG
Lisboa com 2 241 pedidos de licenciamento de novos fogos até junho