Coronavírus

295 mortos e 11 278 casos confirmados de covid-19 em Portugal

A ministra da Saúde, Marta Temido.. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA
A ministra da Saúde, Marta Temido.. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Ontem tinham sido comunicadas pela Direção-Geral da Saúde 266 mortes hospitalares e 10 524 infeções confirmadas.

Já há 295 mortos e 11,278 casos de covid-19 em Portugal, segundo dados divulgados este domingo no boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). São mais 29 mortos e 754 casos confirmados. A taxa de letalidade situa-se em 2,6%. 256 das vítimas mortais tinham mais de 7o anos de idade.

Veja o Mapa interativo que mostra a propagação do coronavírus pelo mundo

O Norte regista o maior número de óbitos, 158, seguindo-se a região de Lisboa com 78, o Centro com 58 e o Algarve com sete. O Alentejo continua sem mortos.

O relatório de situação da DGS aponta agora para 86 370 casos suspeitos, 70 130 não confirmados e 4962 pessoas a aguardar resultado laboratorial. Estão em vigilância pelas autoridades de saúde 23 209 pessoas em Portugal. O número de casos recuperados continua nos 75.

Há 1084 pessoas infetadas internadas, e 267 nos cuidados intensivos.

Lisboa continua a ser o concelho no País com mais casos confirmados, são já 681. Seguem-se o Porto com 660, Vila Nova de Gaia com 499, Gondomar com 478, Maia com 422, e Matosinhos com 395, Braga com 349, Valongo com 344, Sintra com 269, Ovar com 238, Coimbra com 216, Santa Maria da Feira com 216, Cascais com 190, Vila Nova de Famalicão com 143, Aveiro com 141, Loures com 131, Vila Real com 129, Guimarães com 127, Almada com 121. Oeiras com 120 e o Seixal com 101. Estes são os 21 concelhos que registam mais de 100 casos de infeção confirmados.

Em conferência de imprensa, a ministra da Saúde disse que os números indicam que a “pressão sobre o internamento hospitalar está a subir”, e apontou para o “reforço da medicina intensiva no SNS”.

Marta Temida adiantou que a capacidade de ventiladores – 85% com capacidade invasiva -, foi aumentada e é agora de 1538, e agradeceu as doações da EDP, Galp, APB e outros doadores particulares.

Sublinhou a chegada esta manhã a Lisboa de quase 200 ventiladores e adiantou que outros 508 chegarão no final do mês.

 

 

União Europeia aprova ajudas de Portugal às empresas

A Comissão Europeia aprovou, neste sábado, dois regimes de apoios estatais do Governo português à economia para fazer às consequências da pandemia provocada pelo novo coronavírus, no valor de 13 mil milhões de euros, anunciou a instituição em comunicado.

Leia mais em Bruxelas aprova programas de apoio de Portugal às empresas de 13 mil milhões

Conheça os apoios para famílias e empresas

Nas últimas três semanas, o governo anunciou um conjunto de medidas excecionais de apoio às famílias, trabalhadores e empresas. Um guia simplificado para não se perder em tempos de estado de emergência.

Leia mais em Salários, crédito, moratórias e rendas. O que vai ajudar famílias e empresas

Os sintomas do novo coronavírus:

Coronavírus - sintomas

 

LEIA AQUI TODA A COBERTURA SOBRE O NOVO CORONAVÍRUS

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa, e o ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: PATRICIA DE MELO MOREIRA/AFP

Exportações e turismo afundam 9,6% e geram recessão de 2,3% no 1º trimestre

Cartões de crédito e débito. Fotografia: Global Imagens

Malparado: 10% das famílias com crédito está em incumprimento

Fotografia: José Sena Goulão/Lusa

Um quarto das empresas de alojamento e restauração está em incumprimento

295 mortos e 11 278 casos confirmados de covid-19 em Portugal