40% das compras de vinhos já são realizadas por mulheres

Em 2013 as exportações de vinho subiram
Em 2013 as exportações de vinho subiram

As mulheres – principais responsáveis pela compra de produtos alimentares para casa – consomem vinho de forma menos assídua do que os homens, mas estão a assumir um papel cada vez mais relevante no mercado do vinho: 40% das compras de vinhos já é realizada por mulheres.

A conclusão é do estudo “O comportamento de consumo das mulheres no mercado dos vinhos”, realizado pelo IPAM – The Marketing School, que revela que os vinhos brancos com um perfil leve e frutado e os tintos leves são os favoritos das mulheres que consomem esta bebida com uma frequência semanal.

Leia também: Adegga Wine Market. Para provar e escolher, dia 7 de dezembro

A investigação do IPAM avaliou a relação das mulheres com o vinho, em Lisboa e no Porto, traçando, assim o perfil da mulher urbana consumidora de vinho. A vontade de perceber mais sobre vinho e a possibilidade de o consumir socialmente são fatores apontados como potenciadores do aumento das vendas junto deste target, revela o estudo.

Quanto à frequência de compra, mais de metade (56%) adquire vinho pelo menos uma vez por mês, sendo os super e hipermercados os locais preferenciais das mulheres para a aquisição de vinhos (80% dos casos).

No momento de escolha, o universo feminino procura fatores de confiança. A seleção das lojas e, sobretudo, a procura de marcas consagradas ou recomendadas por terceiros são fatores que mais influenciam as compradoras de vinho. Também o aroma, o design e roupagem das garrafas são atributos que influenciam a preferência das consumidoras, a par da região de origem.

Em Portugal, a mulher não valoriza a casta, a cor do vinho e o grau de álcool e, na lista dos menos consumidos no feminino, estão os vinhos doces, o vinho do Porto e os espumantes.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Rui Freire conta com experiência na Microsoft, grupo Havas e Global Media Group. Fotografia: DR

Rui Freire passa da Microsoft para o grupo Omnicom

Quase 700 mil famílias vivem em "pobreza extrema", de acordo com o Instituto Nacional de Estatística da Venezuela. Fotografia: REUTERS

Índice de pobreza aumentou 33,1% na Venezuela

Fotografia: REUTERS/ Lucy Nicholson

Estes são os atores mais bem pagos do mundo, segundo a Forbes

Médio foi um dos destaques da seleção portuguesa na Euro 2016. Fotografia: DR

Sporting vende João Mário ao Inter de Milão por 40 milhões de euros

Fotografia: EPA/DAVE HUNT

Uber perde mais de mil milhões de euros no primeiro semestre

arranjar emprego

Gig economy. A nova moda do mercado laboral não serve a Portugal

Conteúdo Patrocinado
40% das compras de vinhos já são realizadas por mulheres