Impostos

70 mil reembolsos de IRS já foram emitidos

Fotografia: Gustavo Bom/Global Imagens
Fotografia: Gustavo Bom/Global Imagens

Já foram submetidas 30% das declarações previstas, correspondendo a mais de 1,4 milhões, apenas na primeira semana.

As ordens de pagamento dos primeiros reembolsos de IRS já foram dadas, encurtando o prazo médio de 11 dias para quem entregasse através da funcionalidade automática.

De acordo com um comunicado do Ministério das Finanças, “hoje foram dadas ordens de pagamento de cerca de 70 mil reembolsos. Está previsto para amanhã, quarta-feira, o processamento de mais 100 000 reembolsos. A partir de quinta-feira está previsto que comecem a ser processados 200 000 reembolsos por dia.”

Até às 18h00 desta terça-feira, dia 9 de abril, foram submetidas 1 435 986 declarações, destas, mais de 45% através do IRS automático.

Comparando com os primeiros nove dias do ano passado, regista-se um aumento ligeiro de cerca de 3%, no número de declarações submetidas.

Desde que arrancou a campanha do IRS a 1 de abril, o Portal das Finanças registou uma média de 160 mil declarações por dia. O Ministério das Finanças afirma que “o Portal das Finanças tem assegurado um bom nível de serviço apresentando apenas indisponibilidades pontuais e planeadas para atualização e melhoria do sistema, não impedindo, durante um período alargado de tempo, os contribuintes da entrega da sua declaração”.

Reembolso mais cedo que o previsto

O prazo médio para começar a emitir os primeiros reembolsos referentes a rendimentos de 2018 estava estimado em 11 dias para o IRS automático e 16 para os restantes. A informação agora avançada pelo Ministério das Finanças encurta em três dias o prazo inicialmente estimado.

De acordo com o gabinete de Mário Centeno, a partir de quinta-feira, serão emitidas ordens de pagamento a um ritmo de 200 mil por dia. Contando com as 70 mil que já tiveram “luz verde” esta terça-feira e as 100 mil que serão emitidas amanhã, até ao final da semana estima-se o processamento de mais de meio milhão de reembolsos.

Fisco mais generoso este ano, mas não no próximo

A entrega da declaração anual de rendimentos de IRS transformou-se, este ano, numa autêntica corrida ao reembolso com a promessa de maior devolução aos contribuintes na hora de acertar contas.

No ano passado, o Estado devolveu às famílias mais de 2,6 mil milhões de euros em reembolsos, um valor que deve subir este ano, mas encolher em 2020, tal como avançou o Dinheiro Vivo. Para já ainda não existem cálculos oficiais, mas de acordo com o semanário Expresso, o valor global de reembolsos deve ultrapassar os 2,7 mil milhões de euros.

Este aumento é justificado com o facto de as mudanças nos escalões do IRS (desdobramento de cinco para sete) só agora se fazerem sentir na totalidade.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

António Mexia, CEO da EDP. Fotografia: REUTERS/Pedro Nunes

Saída de clientes da EDP já supera as entradas

Outros conteúdos GMG
70 mil reembolsos de IRS já foram emitidos