Plano Juncker

BEI financia com 16 milhões novo campus da Nova SBSE

Futuro Campus da Nova, colado à praia de Carcavelos
Futuro Campus da Nova, colado à praia de Carcavelos

Novo campus da Nova SBSE, em Carcavelos, terá 84 mil metros quadrados, sendo expectável que esteja “plenamente operacional no ano académico 2018/19”

O Banco Europeu de Investimento avançou com 16 milhões de euros para financiar a construção do novo campus da Nova School of Business and Economics (Nova SBSE), ao abrigo do Plano de Investimento para a Europa. O empréstimo foi hoje anunciado e assinalado numa cerimónia na Nova SBSE.

Em comunicado, o BEI revelou então o valor do empréstimo em causa, 16 milhões, empréstimo esse garantido pelo Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos, um dos pilares do Plano de Investimento para a Europa.

“O apoio financeiro por parte do BEI, o banco da União Europeia, contribuirá igualmente para reforçar os investimentos da Nova SBE no domínio da educação, investigação e inovação com vista à adoção de novos métodos de ensino baseados na aprendizagem individual e interativa”, explica o comunicado do Banco.

Ler também: UE apoia novo campus da Nova, ao lado da praia

Segundo Daniel Traça, Dean da Nova SBE, este passo reforça sobretudo a internacionalização da instituição: “Alavancamos a globalização, atraindo alunos, empresas e professores estrangeiros, criando no nosso campus um espaço aberto e diverso, de diálogo e debate.”

Quando a Róman Escolano, vice-presidente do BEI, destaca que o “impacto positivo” deste financiamento “não apenas da dimensão do campus da Nova SBE, mas também da capacidade de ensino e investigação de um dos mais importantes estabelecimentos de ensino da União Europeia”.

O novo campus da Nova SBSE, em Carcavelos, terá um total de 84 mil metros quadrados, sendo expectável que esteja “plenamente operacional no início do ano académico 2018/19”.

Segundo informações da Câmara Municipal de Cascais, o projeto da Nova SBSE financiado pela UE terá “ambientes distintos e variados”, como uma entrada que conduz a um Claustro, uma galeria central, três edifícios de ensino, biblioteca, ginásio e restaurante, residências para estudantes e até um ‘food-court’.

A autarquia aponta ainda que é “de assinalar, também, a existência de lugares inspiradores, de conforto e de acolhimento: acesso direto à praia, ginásio, bosque, pomar, praça, e espaços para a realização de eventos”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

1400 empresas já pediram para aderir ao novo lay-off, apoios só a 28 de abril

Antonoaldo Neves, presidente executivo da TAP. Fotografia: Adelino Meireles/Global Imagens

TAP também vai avançar com pedido de layoff

Veículos da GNR durante uma operação stop de sensibilização para o cumprimento do dever geral de isolamento, na Autoestrada A1 nas portagens dos Carvalhos/Grijó no sentido Sul/Norte, Vila Nova de Gaia, 29 de março de 2020. MANUEL FERNANDO ARAÚJO/LUSA

Mais de 80 detidos e 1565 estabelecimentos fechados

BEI financia com 16 milhões novo campus da Nova SBSE