Regresso às aulas

Regresso às aulas: 94% dos pais preferem comprar livros novos

Fotografia: Gonçalo Villaverde / Global Imagens
Fotografia: Gonçalo Villaverde / Global Imagens

Comprar em segunda mão ou pedir emprestado é mais frequente em estudantes adultos

Com as férias a terminar, os pais voltam à época de compras difícil de evitar com o regresso às aulas. E, apesar de haver cada vez mais opções para troca e empréstimo de manuais escolares em segunda mão, a maioria dos portugueses mantém a intenção de comprar livros escolares novos.

Um estudo do Observador Cetelem mostra que 94& dos consumidores vai optar pela compra de manuais novos. É o caso de Maria Isabel P. que, no último ano lectivo, aproveitou pela primeira vez manuais escolares em segunda mão para o filho mais novo. “Foi a primeira e a última vez”, conta ao Dinheiro Vivo. “Os manuais e os cadernos de atividades estão preparados para que os miúdos façam neles os exercícios. E mesmo depois de apagados nunca é a mesma coisa”.

Além disso, Isabel nota que o programa curricular português coloca entraves a esta prática. “Basta a troca de uma fotografia ou de uma legenda para que os livros não possam ser repetidos”, salienta.

De acordo com o Observador Cetelem, entre 2013 e 2016, a percentagem de famílias que utilizou livros em segunda mão ou pediu emprestado a amigos ou familiares manteve-se praticamente inalterada, vindo inclusivamente a reduzir-se nos últimos doze meses.

Para o ano lectivo 2016/2017, 19% irá procurar manuais em segunda mão, contra 33% do ano passado; e 18% vai pedir emprestado contra 27% do ano passado.

“A maioria dos manuais para crianças e jovens são simultaneamente teóricos e práticos, com a resolução de exercícios no próprio manual. Isso dificulta a utilização por mais do que uma pessoa e justifica a preferência pelos livros novos”, nota também Diogo Lopes Pereira, diretor de marketing do Cetelem, assumindo que “no caso dos adultos que estudam, a utilização dos livros é diferente e facilita a partilha ou o empréstimo do manual”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Mário Centeno

Centeno volta a cativar mais dinheiro

Natalidade. Fotografia: Pedro Granadeiro / Global Imagens

Despesa com apoios à família é a quinta mais baixa da UE

Foto: D.R.

Easyjet. Ligações de Portugal com Itália não serão afetadas, por enquanto

Regresso às aulas: 94% dos pais preferem comprar livros novos