eventos

A conferência feliz agora será 100% virtual

oradores

Happy Conference regressa dia 30 de junho em formato 100% virtual, fechado e exclusivo.

Se ainda não podemos juntar-nos fisicamente, seremos felizes virtualmente. A partir daqui, a Happy Conference reinventou-se e criou a primeira edição 100% virtual, em ambiente fechado e exclusivo. O evento acontece a 30 de junho e surge focado na necessidade de pensar o futuro e a criatividade nas empresas, reunindo os melhores parceiros nacionais e internacionais das áreas da tecnologia e da comunicação, “para oferecer aos participantes uma experiência nova e continuar a inspirar e a impactar a vida de todos os quiserem participar”.

Desta vez, os oradores convidados são Alan Iny, Stefan Sagmeister e Julia Zhou, que apresentarão as visões sobre o tema deste ano: Re-inventing creative thinking – a new paradigm for creativity in business. “Reinventar o pensamento criativo – um novo paradigma para a criatividade nos negócios nunca foi um tema tão pertinente como hoje”, justifica a organização.

Os oradores em detalhe

“Alan Iny tem como objetivo de vida profissional libertar a criatividade nas empresas para potenciar os negócios”, explica a organização da Happy Conference, recordando o vídeo gravado cinco semanas antes do início da pandemia, em que falava de um cenário hipotético de redução para 10% das ligações aéreas no planeta. “Dizia que era importante perspetivar contextos muito improváveis para estar sempre pronto para reagir. Hoje, e no contexto desafiante que vivemos, a questão que Alan Iny propõe é ‘Como podemos ter a agilidade mental que precisamos para reinventar o pensamento criativo e pôr novas possibilidades em cima da mesa para nós, para as nossas empresas e a para a sociedade?’ A trabalhar na Boston Consulting Group desde 2003, onde é partner e diretor associado para a Criatividade & Cenários, treina profissionais de empresas para pensarem de forma criativa e trabalha com uma ampla gama de clientes em todos os setores do mundo. É coautor do livro Thinking in New Boxes: A New Paradigm for Business Creativity, onde defende que o pensar fora da caixa está ultrapassado. É preciso criar novas caixas.”

Quanto ao designer, pensador, artista e criador de identidades visuais para entidades tão diferentes como os Rolling Stones, a Casa da Música ou a EDP, Stefan Sagmeister, defende que a identidade de cada marca deve ser flexível. Diz que vivemos no período mais interessante da História, “muito por causa da tecnologia disponível, embora goste de escrever à mão numa espécie de manifesto anticomputador. Vem à Happy Conference porque postula que a felicidade é um melhor motor de criação, tem feito pesquisa nesse campo, realizou e protagonizou o Happy Film, em tenta descobrir se é possível treinar o cérebro para ser feliz como se treina o corpo para ser saudável”.

Por fim, Julia Zhou é apresentada comouma jovem empreendedora na área da tecnologia, apaixonada por criação de comunidades e magnífica pianista e compositora. Através da empresa que criou, a Vyou, Julia analisa “o comportamento e a energia das pessoas com vista a ajudá-las a encontrarem o trabalho, as equipas e os ambientes certos para elas. O seu entusiasmo natural pelo conhecimento e pela criação levou-a assumir a gestão, o longo dos últimos dois anos, da Kairos Europe Summit, uma conferência anual de tecnologia da Kairos Society que reúne 250 dos empreendedores e líderes com mais destaque a nível global e que tem a missão ambiciosa de promover a formulação de soluções aos problemas mais prementes do planeta. Julia também faz parte da Voyagers, uma iniciativa liderada por David Rowan que junta pessoas vindas de todos os cantos do mundo com percursos extraordinários para um conjunto de atividades especiais em lugares mágicos”, conclui a Happy Conference.

Veja aqui programa completo.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Paschal Donohoe

Sucessor de Centeno: Irlandês Donohoe surpreende e bate espanhola Calviño

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Défice de 2020 vai ser revisto para 7%. Agrava previsão em 0,7 pontos

Comissário Europeu Valdis Dombrovskis. Foto: STEPHANIE LECOCQ / POOL / AFP)

Bruxelas acredita que apoio a empresas saudáveis estará disponível já este ano

A conferência feliz agora será 100% virtual