Empresas

A nova moda: entregas de refeições em scooters alugadas

A Cooltra também tem o serviço de aluguer ao minutos de scooters elétricas eCooltra
A Cooltra também tem o serviço de aluguer ao minutos de scooters elétricas eCooltra

Mais de 90% do negócio da empresa de aluguer de scooters Cooltra é entrega de refeições em Lisboa e Porto. Estafetas da Uber Eats têm descontos extra.

Com o aumento dos serviços de entregas de refeições ao domicílio, surgem também novas soluções de mobilidade. A empresa espanhola Cooltra é de 2006 e tornou-se mais conhecida por cá quando chegou a Lisboa o ano passado com o serviço de aluguer de scooters ao minuto eCooltra. Para 2018, o plano passa por passar de 170 scooters elétricas (neste serviço são todas 100% elétricas), para as 300. Mas a Cooltra é também uma empresa de aluguer de scooters para maior duração.

É esse serviço que tem visto um crescimento assinalável graças aos serviços cada vez mais na moda de entrega de refeições ao domicílio. Além das entregas de pizzas (Domino’s ou Telepizza) ou de sushi, serviços como a Uber Eats ou a Glovo (que além de Lisboa chegaram recentemente ao Porto) entregam todo o tipo de pratos de restaurantes, bares e afins nas casas dos clientes.

Daí que, atualmente, mais de 90% do negócio da Cooltra em Portugal é precisamente com serviços de entrega de refeições. Isso foi o que disse ao Dinheiro Vivo Susana Rodrigues, country manager da Cooltra Portugal. “Temos atualmente entre Lisboa e Porto cerca de 90 clientes, utilizando uma frota contabilizada em cerca de 780 scooters (400 em Lisboa, incluindo as elétricas da eCooltra)”, explicou a responsável da empresa que iniciou atividade no país em 2016. Na altura, a Cooltra tinha uma loja em Lisboa e uma frota de 60 scooters, a pensar nos alugueres de curta duração a turistas. Ao todo a empresa já recebeu cinco mil clientes.

E que vantagens há para os serviços de entrega de comida?

Vários estafetas das pizzarias Domino’s utilizam scooters da Cooltra, mas a empresa não quis falar sobre os benefícios tem consegue com esse uso. A Uber Eats anunciou já que tem uma parceria com a empresa espanhola para os seus estafetas parceiros. Ao Dinheiro Vivo, Susana Rodrigues admite que “os parceiros como a Uber Eats beneficia de um desconto de 20% sobre a tabela de preços habitual”. Ou seja, dependendo de vários fatores que fazem variar o preço, como a duração do contrato e/ou os quilómetros contratados, a título de exemplo, “um contrato de aluguer de 12 meses, para um limite de 1000 km/mês terá um custo mensal de 103€+IVA”.

A Uber Eats explicou ao Dinheiro Vivo que, este modelo de negócio em que os estafetas não têm de adquirir ou manter as suas scooters, “está a criar centenas de oportunidades económicas para residentes locais que queiram ser parceiros de entrega de refeições através da aplicação”. Apesar das poupanças com o aluguer das scooters, a plataforma tem sido alvo de críticas por não dar mais apoio aos seus estafetas.

As vantagens da Cooltra para empresas engloba, assim, uma oferta completa de gestão de frota, “retirando todo peso da gestão operacional do cliente, permitindo-lhe dedicar-se por completo ao seu negócio”, indica a responsável da Cooltra Portugal.

Além disso, há uma poupança em custos de manutenção, mas “também são valorizados todos os serviços complementares como a cedência de veículo de substituição, total assistência em caso de algum incidente e otimização dos tempos de intervenção por parte de equipa mecânica e oficina própria”. Outro fator destacado pela empresa é o aluguer de scooters elétricas, que “agrada a várias empresas até pelo lado ecológico”.

O que se segue para a Cooltra

O objetivo é crescer. “Queremos consolidarmo-nos no mercado português como líder de mobilidade em duas rodas, tanto em Lisboa e Porto, como no resto do país, pretendendo duplicar os números de frota em 2019”, revelou Susana Rodrigues, que gostaria de aumentar o número de “clientes grandes como a Domino’s e o Burger King e entrar em novos segmentos como o da logística, entre outros”.

Outro objetivo é reforçar a aposta na mobilidade elétrica. “É esse o futuro”, acredita a country manager da Cooltra Portugal. “Por isso investimos constantemente no crescimento da nossa frota elétrica e em relação à eCooltra “somos a empresa com maior frota de veículos elétricos do país e que, por sua vez, contribui assim para a diminuição da pegada ecológica em termos de mobilidade”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Theresa May, PM britânica, cumprimenta Mark Rutte, PM holandês. Fotografia: REUTERS/Piroschka van de Wouw

Mais de 250 empresas do Reino Unido contactam Holanda por causa do Brexit

REUTERS/Yves Herman

Comissão Europeia: vistos gold falham na verificação de origem de fundos

4. Peças automóveis

É recorde: Peças para carros valem mais de 11 mil milhões de euros

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
A nova moda: entregas de refeições em scooters alugadas