Covid-19

Adegga cria resposta para produtores de vinho afetados pelo novo coronavírus

Fotografia: DR
Fotografia: DR

face ao adiamento, sem nova data, da Prowein, a maior feira de vinho o mundo, o Adegga criou um evento exclusivamente digital

A notícia do adiamento, sem nova data à vista, ainda, da Prowein, a maior feira de vinhos do mundo, que deveria decorrer de 15 a 17 de março, em Dusseldorf, na Alemanha, está a causar grande preocupação no mundo vitivinícola nacional. São cerca de 300 as empresas portuguesas que habitualmente marcam presença neste certame, para dar a conhecer as suas novas colheitas aos profissionais de todo o mundo. E se não o podem fazer fisicamente, que o façam online. Pelo menos, é isso que propõe o Adegga, que lançou uma plataforma e um evento exclusivamente digital para apoiar os produtores afetados.

“Na impossibilidade de se deslocarem à Alemanha onde, anualmente, se reúnem mais de 60 mil visitantes, os produtores de vinhos portugueses poderão apresentar todas novidades do portfólio durante os mesmos dias em que decorreria a Prowein, através de entrevistas conduzidas por André Ribeirinho, co-fundador do Adegga e Wine Educator, transmitidas para todo o mundo em streaming digital ao vivo e em inglês, a partir de Lisboa e do Porto, nos dias 16 e 17 de março”, anuncia a empresa em comunicado. O sector do vinho assegurou, o ano passado, mais de 820 milhões de euros de exportações.

Com esta ação, que será “totalmente gratuita e aberta a todos os produtores afetados”, a equipa do Adegga antecipa o lançamento da campanha Portugal Wine Week e “desenvolve uma solução em tempo recorde para mitigar o problema, com uma plataforma destinada à promoção dos vinhos portugueses em mercados estratégicos em todo o mundo, num formato que ficará disponível em www.portugalwineweek.com para acompanhamento em direto na página de Facebook da empresa e no Youtube”.

No comunicado, André Ribeirinho destaca, ainda, que “o adiamento súbito da Prowein é um problema sério para muitos dos produtores de vinho portugueses que fazem uma boa parte dos seus negócios anuais na maior feira internacional do sector. Assim que recebemos esta notícia discutimos diversas ideias para mitigar o impacto na indústria portuguesa, utilizando canais digitais e meios modernos para juntar profissionais e consumidores, algo que o Adegga já faz há mais de 10 anos”.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
coronavirus turismo turistas

ISEG. Recessão em Portugal pode chegar a 8% este ano

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. JOÃO RELVAS/LUSA

Pedidos de lay-off apresentados por 33.366 empresas

coronavirus lay-off trabalho emprego desemprego

Rendimento básico incondicional? “Esperamos não ter de chegar a esse ponto”

Adegga cria resposta para produtores de vinho afetados pelo novo coronavírus