ADSE

ADSE. Limite de 24 consultas por ano a partir de setembro

(Gonçalo Villaverde / Global Imagens)
(Gonçalo Villaverde / Global Imagens)

Os beneficiários do regime livre passam a ter um limite anual de consultas. O número pode ser ultrapassado em situações excecionais.

A partir do mês de setembro, os beneficiários da ADSE vão passar a ter um limite anual de 24 consultas caso recorram a médicos particulares sem convenção com o sistema. A restrição faz parte da nova tabela de preços do regime livre e só poderá ser ultrapassada com justificação clínica, de acordo com o jornal Público desta sexta-feira.

A medida visa controlar as despesas da ADSE com o regime livre e a evitar abusos. Eugénio Rosa, vogal da ADSE, referiu ao mesmo jornal que foram detetadas situações de abuso, como beneficiários a realizar 250 consultas num ano. Além das consultas, estão associadas despesas com exames médicos muitas vezes desnecessários.

A informação foi dada na quinta-feira durante a reunião do Conselho Geral e de Supervisão (CGS), onde foram abordados também outros temas como os atrasos no diploma que alarga a ADSE a novos beneficiários.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

Página inicial

REUTERS/Stephen Lam/File Photo

Moedas como Libra do Facebook podem diminuir poder dos bancos centrais

Outros conteúdos GMG
ADSE. Limite de 24 consultas por ano a partir de setembro